Informação independente faz a diferença

As 4 ações no varejo mais beneficiadas pela queda de juros

O Santander avalia que as ações de quatro varejistas poderão se destacar no curto prazo como resultado de um processo de rentabilidade criada pela alavancagem operacional, avalia o banco em um relatório enviado a clientes nesta quarta-feira (13).

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Segundo o analista João Mamede, essas companhias que têm maior potencial de alavancagem são mais expostas a retomadas cíclicas como a que está acontecendo com o setor de varejo, por meio de ampliação das margens e diluição dos custos fixos.

“A projeção de inflação abaixo da meta tanto para 2017, quanto para 2018 somada a possíveis mínimas históricas nas taxas de juros devem impulsionar o setor e gerar uma revisão nas estimativas no curto-prazo”, ressalta o banco.

Assim, o banco entende que as que teriam o maior potencial de revisão seriam Lojas Americanas, B2W, Via Varejo e Hering. A recomendação é de compra para todas.


 

Últimas Notícias