Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Bolsonaro: não seria oportuno repatriar família brasileira com suspeita de coronavírus

28/01/2020 - 12:16
Máscaras China Coronavírus
A embaixada brasileira em Manila havia confirmado notícia de que há brasileiros no país com suspeita de terem contraído o novo coronavírus (Imagem: Reuters/Carlos Garcia Rawlins)

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou nesta terça-feira contra trazer de volta ao Brasil uma família brasileira que foi colocada em isolamento nas Filipinas por suspeita de contaminação pelo coronavírus da China, alegando que repatriá-la poderia colocar o Brasil em risco.

“Pelo que parece, tem uma família na região onde o vírus está atuando. Não seria oportuno retirar de lá, com todo respeito, pelo contrário.

Agora, não vamos colocar em risco nós aqui por uma família apenas”, disse Bolsonaro em entrevista a jornalistas no Palácio da Alvorada nesta manhã, após desembarcar de viagem à Índia.

Jair Bolsonaro
Bolsonaro espera que os dados da China sejam reais, já que segundo ele, esses países são mais fechados no tocante a informações (Imagem: Reuters/Adriano Machado)

O Ministério das Relações Exteriores informou no domingo que a embaixada brasileira em Manila havia confirmado notícia de que há brasileiros no país com suspeita de terem contraído o novo coronavírus.

Segundo o MRE, citando informações de portais de notícias filipinos, seria um casal e uma criança de 10 anos com histórico de viagem recente à região foco na China.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Na entrevista desta manhã, Bolsonaro também disse que “espera que os dados da China sejam reais”, uma vez que, segundo ele, “esses países são mais fechados no tocante a informações”.

Também nesta terça-feira, o Ministério da Saúde informou que foi identificado em Minas Gerais o primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil, de uma paciente que esteve na cidade chinesa de Wuhan, o epicentro do surto do vírus.

Na semana passada, a Secretaria de Saúde de Minas Gerais chegou a anunciar como suspeito de coronavírus o caso de uma paciente que esteve na China e que apresentou sintomas respiratórios, mas posteriormente o descartou após receber diretrizes do Ministério da Saúde.

Última atualização por Lucas Simões - 28/01/2020 - 12:16

Há uma bolha na Bolsa brasileira?