Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Burger King toma empréstimo de R$ 170 milhões para lidar com lojas fechadas

27/03/2020 - 21:47
Burger King BKBR3
A rede de lanchonetes explica que a medida vem como uma resposta ao impacto econômico da evolução do COVID-19 (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

O Burger King (BKBR3) exerceu o desembolso do empréstimo no exterior, simultaneamente a uma operação de swap, para proteção da variação cambial, no valor total de R$ 170 milhões com prazo de até um ano, mostra um comunicado enviado ao mercado nesta sexta-feira (27).

Segundo a empresa, o empréstimo não terá qualquer garantia, mas estabelece como que a relação dívida líquida por Ebitda da empresa deva ser inferior ou igual a três vezes.

A rede de lanchonetes explica que a medida vem como uma resposta ao impacto econômico da evolução do COVID-19, “tendo em vista o cenário de incertezas decorrente da disseminação da doença e das políticas para evitá-la, que incluem o fechamento do comércio físico e grande limitação de circulação de pessoas, que impactam diretamente a companhia”.

Veja o comunicado:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Burger King, Coronavírus, Empresas, Varejo

Última atualização por Gustavo Kahil - 27/03/2020 - 21:47