Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Coronavírus: Brasil pode superar 5 mil mortos até 6 de abril, diz Abin; veja documento

25/03/2020 - 12:24
Coronavírus
Escalada: Abin alerta o governo sobre risco de agravamento da pandemia (Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino)

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) estima que o Brasil possa chegar a 6 de abril com 5.571 mortos e 207.435 casos de coronavírus. A informação consta de um relatório sigiloso, distribuído para o governo federal e para os governos estaduais, e ao qual o Intercept Brasil teve acesso.

Segundo o site, o documento da Abin enfatiza a necessidade de medidas de restrição em massa de deslocamentos, como as adotadas pela China e criticadas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Em trecho do informe, reproduzido pelo Intercept, “Coreia do Sul, Irã e China conseguiram mudar a direção da reta, provavelmente depois da adoção de medidas de contenção”.

Submetida ao general Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e contaminado com o coronavírus, a Abin alerta ainda que “a taxa de letalidade no Brasil ainda é baixa quando comparada a outros países e aos dados da Organização Mundial de Saúde”.

O Intercept acrescenta que o documento alerta o governo sobre o risco de colapso das UTIs do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a Abin, se a curva de contágio brasileira seguir a da China, Itália ou Irã, em duas semanas, mais de 17% dos leitos de UTIs estarão ocupados com casos graves de coronavírus.

O problema, de acordo com a agência, é que a atual taxa de ocupação dos leitos está entre 80% e 90%. Com isso, o agravamento da pandemia levaria à falta de leitos para atendimento de doentes mais graves.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Gustavo Kahil - 25/03/2020 - 12:54