Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Demanda, alta externa e logística restrita na Argentina elevam preço da soja

Por Cepea
30/03/2020 - 15:56
Soja
Para combater o avanço do coronavírus, o governo argentino limitou o movimento nos portos do país, cenário que pode favorecer as vendas brasileiras de soja e derivados (Imagem: REUTERS/Jorge Adorno)

Os preços da soja estão em alta no Brasil.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) subiu 2,2% entre 20 e 27 de março, a R$ 98,82/sc de 60 kg nessa sexta-feira, 27 – na quarta-feira, 25, o Indicador atingiu R$ 99,69/sc, o maior valor nominal da série histórica do Cepea, iniciada em março/06.

Quanto ao Indicador CEPEA/ESALQ Paraná, foi de R$ 91,59/sc de 60 kg na sexta-feira, 27, 1,6% superior ao dia 20. Segundo pesquisadores do Cepea, as elevações no Brasil estão atreladas à combinação de firmes demandas externa e doméstica, da alta nos preços futuros e do dólar elevado.

Além disso, para combater o avanço do coronavírus, o governo argentino limitou o movimento nos portos do país, cenário que pode favorecer as vendas brasileiras de soja e derivados.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Agronegócio, Cepea, Commodities, Consumo, Soja

Última atualização por Vitória Fernandes - 30/03/2020 - 15:56