Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Preços de petróleo recuam com menor demanda chinesa; no radar cortes da Opep+

10/02/2020 - 8:40
Petróleo
A commodity caiu mais de 20% em relação a uma máxima tocada em janeiro depois que o vírus prejudicou a demanda do maior importador de petróleo do mundo (Imagem: Unsplash/@zburival)

Os contratos futuros do petróleo recuavam nesta segunda-feira devido à fraca demanda chinesa após o surto de coronavírus, enquanto os operadores esperavam para ver se a Rússia se juntará a outros produtores na busca por cortes adicionais na produção.

A commodite caiu mais de 20% em relação a uma máxima tocada em janeiro depois que o vírus prejudicou a demanda do maior importador de petróleo do mundo e alimentou preocupações sobre o excesso de oferta.

O petróleo Brent recuava 0,25 dólar, ou 0,46%, a 54,22 dólares por barril, às 8:22 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 0,23 dólar, ou 0,46%, a 50,09 dólares por barril.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“A pergunta para a qual todos estão desesperados para encontrar a resposta correta é quão prejudicial é a epidemia para a economia global e, portanto, para a demanda de petróleo e quanto tempo durará”, disse Tamas Varga, da corretora de petróleo PVM.

Leia mais sobre: Commodities, Opep, Petróleo, Rússia

Última atualização por Lucas Simões - 10/02/2020 - 8:44