Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Telegram quer emitir tokens para investidores apesar de recente decisão judicial

30/03/2020 - 11:43
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
ton telegram
Telegram poderia emitir cerca de 75% dos tokens vendidos durante sua oferta inicial de moeda (ICO) em 2018, sob a condição de GRAMs não serem revendidos nos EUA (Imagem: YouTube/Liquid)

Telegram pediu mais clareza ao tribunal em relação a uma ordem recente que bane a emissão de tokens GRAM para investidores privados. A plataforma de mensagens espera que a proibição não se aplique para investidores que estão fora dos EUA.

Após o esclarecimento, Telegram poderia emitir cerca de 75% dos tokens vendidos durante sua oferta inicial de moeda (ICO) em 2018, sob a condição de GRAMs não serem revendidos nos EUA.

O pedido veio menos de uma semana após um juiz federal ordenar que o Telegram não lançasse sua rede TON (Telegram Open Network) e não distribuísse GRAMs, uma decisão pela qual o Telegram está apelando, e o lançamento está previsto para o dia 30 de abril.

Se a ordem não evitar a distribuição de GRAMs para investidores fora dos EUA, o Telegram poderia lançar sua plataforma até a data limite obrigatória. Senão, o lançamento da TON está em perigo e os investidores podem ter a opção de reivindicar seus investimentos iniciais.

Enquanto isso, um grupo de desenvolvedores de TON, coletivamente chamados de “TON Community Foundation”, poderiam reunir alguns investidores em GRAM e lançar o blockchain TON sem a participação do Telegram, de acordo com a CoinDesk.

A iniciativa “ressalta os limites de poder do governo para regulamentar a tecnologia de código aberto”. Outros grupos de desenvolvedores podem reivindicar o projeto como deles quando o código estiver em domínio público.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 30/03/2020 - 11:43