Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Web3 Foundation e Coinbase se unem para permitir reivindicação de tokens da Polkadot

11/02/2020 - 9:32
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Web3 Foundation almeja desenvolver a Web 3.0, uma internet descentralizada e justa onde usuários controlam seus próprios dados e mercados prosperam a partir da eficácia e da segurança da rede (Imagem: Crypto Times)

Ontem, 10, a Web3 Foundation anunciou sua parceria com a subsidiária de custódia da Coinbase para oferecer uma solução de custódia para o token nativo da Polkadot, DOT.

Investidores institucionais que participaram de vendas de token anteriores da Polkadot agora podem reivindicar suas alocações em DOT com suas contas existentes da Coinbase Custody.

De forma simultânea, Web3 Foundation lançou um site voltado para a listagem de alguns processos de reivindicação alternativos para os investidores que não tiverem conta na Coinbase Custody.

Polkadot menciona que esse é a primeira etapa do lançamento de sua rede principal. A sequência de lançamento da Polkadot poderia imitar a de sua rede-canário, Kusama, em que as etapas iniciais tiveram um mecanismo de consenso proof-of-authority (algoritmo usa a reputação e a identidade dos nós validadores em vez do staking de criptomoedas ou de outros recursos) e funcionalidade limitada no blockchain.

Versões seguintes vão apresentar mais utilidade através de staking, governança no blockchain e parachains (blockchains paralelos).

Polkadot é um dos vários projetos que promovem a comunicação entre redes. Porém, alguns argumentam que essas soluções entre blockchains só importam se diversas redes geram atividade de usuário significativa.

O debate entre entusiastas vs. céticos do multichain pode continuar sendo um tema relevante ao longo de 2020 conforme essas soluções de interoperabilidade continuarem a ser lançadas.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 28/02/2020 - 21:26