Informação independente faz a diferença

Mercado está otimista demais com a Natura, avalia UBS

Natura
A recomendação para as ações foi cortada de neutra para venda e o preço-alvo mantido 

O mercado parece estar demasiadamente animado com a Natura, avalia o UBS em um relatório enviado a clientes e assinado por Gustavo Piras Oliveira e Guilherme Muller. A recomendação para as ações foi cortada de neutra para venda e o preço-alvo mantido em R$ 28, o que corresponde a um potencial de desvalorização de 13% na comparação com o negociado hoje na B3.

Veja outras recomendações de ações

“Depois de reavaliar nossos modelos, acreditamos que a empresa irá continuar a perder participação de mercado no Brasil, mas as ações estão precificando uma aceleração das receitas, provavelmente acima de 5%”, explicam os analistas. Os papéis da Natura subiram 40% no ano, enquanto o Ibovespa tem aproximadamente 5% de valorização.

O banco concorda com as iniciativas da empresa em renovar o seu modelo de vendas diretas, mas avalia que os testes feitos até agora não trouxeram grandes mudanças positivas.

Oliveira e Muller veem um risco de baixa potencial de até 12% e de alta de 2% para as vendas como resultado dessas iniciativas nos próximos 18 meses. Isso, segundo eles, já pode começar a fazer efeito sobre a companhia a partir do segundo trimestre por meio de um baixo crescimento de vendas e queda na rede de consultoras.


 

Últimas Notícias