Informação independente faz a diferença

Papo de grana: Quando a Serena fizer 30!

Por Tito Gusmão, CEO do Warren

“When I get older, losing my hair. Many years from now…”

Esta música do Paul McCartney é sobre um cara preocupado com o futuro, que se pergunta se ainda será útil ou ainda será amado quando completar 64 anos.

A gente não sabe o futuro e essa preocupação sobre o que vai acontecer é a “coisa” que torna viver muito excitante. É como um jogo de futebol. Que graça teria se já soubéssemos o placar antes do início da partida?

Mas… até que não seria nada mal iniciar a partida com uns 2 a zero no placar, né? Isso ainda mantém as coisas excitantes, mas iríamos para o estádio mais aliviados, podendo aproveitar melhor a partida.

Investir bem o seu dinheiro pode ajudar você a começar a partida com os 2 a zero ou mesmo de goleada. Não é difícil. Um pouquinho de planejamento, disciplina e um portfólio inteligente garantem os golaços.

Tito Gusmão
"A criança tem uma vantagem enorme para começar a partida ganhando de um placar maior do que um conhecido 7 a 1"

Mas nem é de você e da sua partida que quero falar neste post. Este é um post para quem é papai ou mamãe.

A criança tem uma vantagem enorme para começar a partida ganhando de um placar maior do que um conhecido 7 a 1. Essa vantagem se chama tempo. O tempo é uma das variáveis mais importantes para os investimentos. Quanto mais tempo investir, obviamente maior será o retorno. E o fator tempo é potencializado por um negócio chamado juros compostos. Juros que rendem juros em cima dos juros e mais juros em cima de outros juros. Como uma bola de neve que cresce conforme desce a montanha.

Essa vantagem do tempo permite que, com menos investimento mensal, você possa construir um colchão para quando seu filho estiver mais grandinho.

Por exemplo, se você investir R$ 200 por mês em um portfólio balanceado entre renda fixa e ações, quando sua filha ou filho completar 18 anos terá R$ 200 mil. Se o “seu bebê” continuar investindo os mesmos R$ 200 por mês, quando completar 30 anos terá mais de R$ 1 milhão.

Nada mal esse objetivo “Meu bebê milionário”, né?

Eu tenho em casa a Serena. Assim que ela nasceu, que foi em janeiro deste ano, criei um objetivo de investimentos pra ela. Divido esse objetivo com a minha esposa. Cada um contribui com uma parte e acompanhamos juntos a evolução.

A Serena terá todos os desafios da vida pela frente, mas vamos ajudar ela a começar esse “jogo” com um placar mais favorável.


 

Últimas Notícias