Informação independente faz a diferença

Quem é a próxima “máquina de dividendos” indicada pelo BTG?

Cana
“Acreditamos que a São Martinho pode estar se preparando para se tornar uma grande pagadora de dividendos"

A São Martinho (SMTO3), usina de açúcar e álcool, está destinada a se tornar uma “máquina de dividendos”, avalia o BTG Pactual em um relatório enviado a clientes na noite desta segunda-feira (4). O banco conduziu, na semana passada, um “non-deal roadshow” com o diretor financeiro da empresa, Felipe Vicchiato.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

“Acreditamos que a São Martinho pode estar se preparando para se tornar uma grande pagadora de dividendos, por mais estranho que isso possa parecer”, explicam os analistas Thiago Duarte e Vito Ferreira.

Segundo o banco, com a redução do endividamento líquido, para um nível confortável de aproximadamente 1 vez o Ebitda, a administração espera acelerar os pagamentos de dividendos.

“Com oportunidades limitadas de crescimento no horizonte, não vemos nenhum motivo para não pagar o excesso de caixa para os acionistas (estimamos em até 8% de dividend yield no próximo ano de colheita), potencialmente aumentando no caso de o nosso cenário de preço de açúcar/etanol mais positivo se desenrolar”, pontuam Duarte e Ferreira.

A recomendação é de compra, com um preço-alvo de R$ 24.


 

Últimas Notícias