Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

10 princípios para gerir melhor seu dinheiro

31/01/2017 - 16:10

Cassio Beldi é Sócio da Mint Capital – Artigo publicado no Terraço Econômico

dinheiro

Gerir investimentos nunca foi, nem será uma tarefa fácil.

Num mundo cada vez mais complexo, com difíceis questões políticas e econômicas que impactam a decisão de onde investir seu dinheiro, há ainda diversos conflitos entre bancos e demais agentes do mercado financeiro.

Inspirado pelo Investor Education Colaborative, a lista abaixo apresenta os 10 princípios para quem busca gerir seus recursos com sucesso:

  1. Auto-Conhecimento é essencial, mais vital do que qualquer outro principio para seu sucesso. Você é o expert nos seus próprios valores e deve definir seus objetivos financeiros. Você deve se perguntar: quais são meus sonhos? Minhas necessidades? Meus desejos? Minhas prioridades? O caminho do auto-conhecimento pode levar mais tempo do que você imagina, mas é a base de qualquer planejamento de sucesso.
  1. Conheça suas expectativas, objetivos e necessidades imediatas e monte um plano que contemple cada um destes fatores.
  1. Decida se vale contratar um assessor de investimentos/consultor financeiro antes de fazer qualquer novo investimento.Decidira alocação  do seu dinheiro  deve funcionar como uma medicação. O  ideal  é  procurar  um médico  se  tiver  de  tomar  algum  remédio.
  1. Conheça os conflitos envolvidos nas transações com seus recursos. Cada participante pode ter um tipo de conflito que não está alinhado com seus objetivos e suas expectativas. Gerentes de bancos, por exemplo, são estimulados a vender os produtos que mais geram receita para o próprio banco e não para o cliente. Agentes Autônomos de Investimentos, assim como os gerentes de banco, têm incentivos para empurrar aos clientes os produtos que pagam comissão maior.
  1. Defina os resultados esperados e procure transparência e alinhamento com seu assessor de investimentos.
  1. Monitore os resultados com intervalos de tempo que permitam fazer ajustes durante o percurso (no máximo, 1 vez por mês. No mínimo, 1 vez por ano). Mas cuidado: siga seu plano original e só faça mudanças quando houver alterações estruturais. Não seja movido por emoções e noticias de curto prazo.
  1. Demande uma comunicação clara e constante dos seus assessores de investimentos. Peça um relatório de forma simples e fácil de ler. O objetivo é evitar surpresas, mas ao mesmo tempo ser informado do que realmente é importante.
  1. Saiba quando parar para reiniciar ou reorganizar. “O planejamento de longo prazo não lida com decisões futuras, mas com um futuro de decisões presentes”. Assim, se mudanças radicais ou emergências surgiram, é importante parar e rever os planos, objetivos e expectativas originais.
  1. Um Planejamento financeiro de sucesso é uma jornada, não um destino. Assim que você completar o processo inicial de planejamento, você não pode abdicar da responsabilidade de monitorar o que criou, supervisionar seus assessores de investimentos bem como acompanhar a evolução dos objetivos criados inicialmente.
  1. Um planejamento financeiro de sucesso não deve aprisionar, mas sim libertá-lo! Liberdade para encontrar seus verdadeiros valores, suas paixões e seus propósitos. Liberdade para descobrir sua verdadeira obra nesta vida. Com um bom planejamento sendo seguido, você terá tempo e energia suficiente para se dedicar e atingir seus objetivos.

Leia mais sobre: ,

Última atualização por - 05/11/2017 - 14:07

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto