Empresas

5 anos de Brumadinho: Estudo aponta que 4 barragens da Vale (VALE3) ainda estão em regiões de risco

25 jan 2024, 15:11 - atualizado em 25 jan 2024, 15:11
Vale VALE3 reunião conselho administração renovação sucessão CEO Eduardo Bartolomeo Lula Guido Mantega minério de ferro ações queda
As quatro  barragens da Vale em questão apresentam alto risco de colapso. (Imagem: REUTERS/Pilar Olivares)

A pesquisa publicada na revista científica Science of the Total Environment identificou que 4 barragens na cidade de Brumadinho ainda estão em áreas de alto risco. O estudo foi feio dentro do termo de compromisso firmado pela Vale (VALE3) e pelo Ministério Publico de Minas Gerais.

Após 5 anos da tragédia, pesquisadores da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e de instituições de Minas Gerias e Portugal ainda tentam identificar o grau de vulnerabilidade geomorfológica em que cada instalação da mineradora se encontra.

O estudo dividiu a baia Ferro-Carvão, mesma região da tragédia em 2019, em 36 Unidades de Resposta Hidrológica e os pesquisadores determinaram indicadores de vulnerabilidade para classificar cada área.

Sendo assim, cada um desses indicadores recebia uma nota de 1 a 5, em cada uma das regiões. Ao final, esses números eram somados para que indicassem o risco.

  • na somatória das notas dos indicadores, se estivesse entre 5 a 10: baixo riso
  • 10 a 15: risco moderado
  • 15 a 20: alto risco
  • 20 a 25: risco muito alto.

Com isso, descobriu-se que 12 unidades estavam classificadas em alto risco, sendo que em 3 delas estão localizadas ao menos 4 barragens da Vale: BVIII, BVI, Menezes 1 e Menezes 2. Isso significa que há um risco de colapsos nas barragens.

  • Temporada de resultados chegando: O que esperar de Magazine Luiza, Vale, Itaú e outras gigantes da bolsa? Larissa Quaresma e Fernando Ferrer comentam as perspectivas para o 4T23, assista aqui: 

“A atenção a esta questão é, portanto, urgente para evitar futuras tragédias relacionadas com o rompimento de barragens de rejeitos, na bacia do rio Paraopeba ou em outros lugares”, apontou o estudo.

Presidente Lula se manifesta sobre a tragédia

O presidente, Luís Inácio Lula da Silva, escreveu em sua rede social sobre a data que marcou a cidade de Brumadinho e o país. Lula relembrou os desastres ambientais e as perdas de vítimas da tragédia, que ao todo foram 270.

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, atua há 3 anos na redação e produção de conteúdos digitais no mercado financeiro. Anteriormente, trabalhou com produção audiovisual, o que a faz querer juntar suas experiências por onde for.
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, atua há 3 anos na redação e produção de conteúdos digitais no mercado financeiro. Anteriormente, trabalhou com produção audiovisual, o que a faz querer juntar suas experiências por onde for.