Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

9 dicas para utilizar o seu 13º salário da melhor forma

18/10/2020 - 18:00
Investimentos
“Você deve dar uma atenção especial a esse dinheiro, afinal de contas, o final de ano é acompanhado por uma série de despesas que precisarão ser pagas”, pontua (Imagem: Pixabay)

Com o final do ano se aproximando, chega também o pagamento do 13º salário e nesse momento, vale muito a pena pensar com cautela sobre o que fazer com esse dinheiro para manter a sua vida financeira em ordem e escapar das dívidas de uma vez por todas.

Você deve dar uma atenção especial a esse dinheiro, afinal de contas, o final de ano é acompanhado por uma série de despesas que precisarão ser pagas.

Festas de natal e ano novo, férias, matrícula dos filhos na escola, impostos como o IPTU e o IPVA, todas essas despesas irão ocupar boa parte do seu orçamento nos próximos meses, por isso, vale a pena refletir com cuidado sobre a melhor forma de usar o seu 13º salário.

No artigo de hoje você vai conferir 10 dicas sobre o que fazer com o seu 13º salário, confira.

1 – Quite as suas dívidas

Se você tem alguma dívida, o recebimento do 13º salário é o momento ideal para quitá-las. Confira as dicas a seguir:

– Se você tem contas atrasadas

O ideal é conseguir pagar o máximo das contas atrasadas que você puder, começando por aquelas com os maiores juros, como os cartões de crédito e o cheque especial, que costumam ser os maiores vilões do endividamento.

Usando o valor para isso, você pode eliminar suas dívidas e dar um fôlego maior para o seu orçamento.

Dê preferência também para dívidas que podem limpar seu nome dos cadastros de proteção ao crédito.

– Se você tem dívidas, mas não tem contas atrasadas

Se este é o seu caso, você pode usar o seu 13º salário para adiantar o pagamento das faturas, negociando com o credor algum tipo de desconto.

Caso o valor não seja o suficiente para quitar as dívidas, você pode optar pelo pagamento daquelas que possuem o vencimento mais distante, porque é sobre elas que incidem as taxas de juros mais altas.

– Se você está pagando um financiamento

Se você tem algum financiamento em andamento, aproveite seu 13º salário para antecipar o maior número de parcelas que conseguir. Entretanto, se o seu orçamento estiver apertado, é melhor usar o valor para pagar dívidas e outras despesas mais urgentes.

2 – Separe uma parte do valor para algum capricho

Se o seu orçamento está tranquilo e você não tem dívidas ou nenhum financiamento para quitar, o seu 13º salário pode ser usado para comprar algo que você deseja muito.

Entretanto, não use o valor integral para satisfazer um capricho, separe uma parte do dinheiro para fazer essa compra, e escolha outras formas conscientes de fazer uso do benefício.

3 – Invista

Se você ainda não entrou para o mundo dos investimentos, o seu 13º salário é uma boa oportunidade para começar a aplicar dinheiro e ver os seus rendimentos crescerem.

Mercados Investimentos
O investimento deve ser realizado pensando no seu futuro, estabeleça um objetivo e escolha onde você vai investir tendo esse objetivo em mente (Imagem: Reuters/Jason Lee)

No mercado brasileiro, existem diversas opções de investimentos com os quais você pode ter um bom retorno.

Estude o assunto, conheça as opções de investimento e escolha aquelas que têm mais a ver com o seu perfil e com os seus objetivos.

Se você já é um investidor, o décimo terceiro também pode ser uma boa oportunidade para turbinar seus investimentos.

O investimento deve ser realizado pensando no seu futuro, estabeleça um objetivo e escolha onde você vai investir tendo esse objetivo em mente. Você deve investir, ainda que só consiga aplicar o dinheiro que sobrar depois de pagar todos os outros gastos que já foram previstos.

4 – Planeje uma viagem

Se você puder usar o seu 13º salário para fazer uma viagem de férias, aproveite, mas, caso isso não seja possível neste momento, você pode guardar o montante para utilizar em uma viagem futura.

Para ter uma viagem mais tranquila, faça um planejamento com antecedência, negociando com uma agência de viagens ou com o hotel um desconto para pagar à vista e antecipadamente.

De forma geral, pacotes de viagem são vendidos de forma parcelada, mas é possível conseguir bons descontos se você comprar à vista, e para isso, usar o seu 13º salário é uma boa opção.

Entretanto, se você não conseguir nenhuma vantagem para pagar a viagem à vista, a melhor alternativa é investir esse dinheiro, usando para o pagamento das parcelas, além de desfrutar do rendimento, que pode ser usado para pagar outras despesas durante a viagem, como alimentação, passeios, etc.

5 – Cubra os gastos das festas de fim de ano

Um bom planejamento é a chave fundamental de uma vida financeira mais saudável, e quando se trata da forma de gastar o seu 13º salário não é diferente.

Você pode usar esse dinheiro para cobrir os gastos com as festas neste final de ano, mas para isso, você deve se planejar com cuidado.

Anote todos os itens que você vai precisar comprar, registrando o preço de cada um deles e fazendo a soma no final. Caso sobre algum dinheiro, melhor ainda.

Se perceber que pode ser que falte dinheiro, analise a lista novamente e corte os itens supérfluos. Dessa maneira, você gasta com o que realmente vai precisar e pode economizar parte do valor.

presente, surpresa, revelação, consumo, compras, varejo
Faça uma lista com todas as pessoas que você pretende presentear e pense em algo com um valor razoável para cada uma delas (Imagem: Unsplash/ Kira auf der Heide)

6 – Repense sua lista de presentes

O 13º salário pode ser usado para comprar os itens da sua lista de presentes no final do ano, entretanto, é importante ter critérios e ser ponderado na hora de ir às compras.

Faça uma lista com todas as pessoas que você pretende presentear e pense em algo com um valor razoável para cada uma delas, evitando gastos maiores do que aqueles que o seu orçamento permite.

Tenha em mente que o valor sentimental muitas vezes conta mais do que o preço pago pelo produto, por isso, escolha os presentes que vai comprar com sabedoria.

7 – Pense no próximo ano

Logo, logo o próximo ano começa, e com ele vem as despesas com impostos como o IPTU e o IPVA, a matrícula escolar das crianças e diversas outras obrigações financeiras típicas do mês de janeiro.

Não se esqueça disso na hora de planejar o que vai fazer com o seu décimo terceiro. Algumas dessas contas podem garantir um bom desconto se forem pagas à vista.

8 – Faça um bom planejamento

Ter um bom planejamento das suas finanças é muito importante para uma vida financeira saudável e estruturada, principalmente se ao longo deste ano aconteceu algum descontrole das suas contas.

Assim, depois de regularizar a sua situação financeira ou pelo menos uma parte dela, você deve começar a planejar melhor o seu orçamento para não enfrentar de novo essa situação no futuro, evitando cometer os mesmos erros.

Considere o valor da sua renda mensal e mantenha os seus gastos dentro dela, caso contrário, você pode entrar em um ciclo vicioso de endividamento. Gastar mais do que você ganha é com certeza uma receita para um colapso das suas finanças, por isso, tenha cuidado ao planejar os seus gastos.

Ainda que você possa pensar que fazer um bom planejamento demanda um conhecimento aprofundado em gestão financeira, isso não é verdade. Com algumas estratégias simples, você pode fazer isso. Pesquise sobre o assunto e verá como é mais simples do que você imagina.

9 – Poupe parte do dinheiro

Parte do valor que você vai receber referente ao seu 13º salário deve ser usado para começar uma poupança e formar a sua reserva financeira para emergências.

Se você ainda não tem uma reserva financeira, esse é o momento ideal para começar uma.

A reserva financeira é muito importante para cobrir eventuais gastos inesperados, como um reparo em sua casa, o conserto do seu veículo em caso de acidente, para repor um eletrodoméstico com defeito, para o pagamento de alguma despesa médica, entre outras situações.

Dívidas
Em hipótese alguma gaste todo o valor do seu 13º salário sem pensar nas despesas a pagar que você já tem, como as contas do início do próximo ano (Imagem: Pixabay)

É impossível controlar tudo que nos acontece e ter uma reserva em dinheiro para pagar despesas inesperadas vai ajudar você a manter um orçamento saudável mesmo quando tiver gastos que não havia previsto.

BONÛS: O que NÃO fazer?

Acima, você viu algumas dicas sobre o que fazer com o dinheiro que vai receber, agora, vamos falar sobre o que NÃO fazer com o seu 13º salário, confira.

Em hipótese alguma gaste todo o valor do seu 13º salário sem pensar nas despesas a pagar que você já tem, como as contas do início do próximo ano ou as dívidas do cheque especial ou do cartão de crédito, por exemplo.

Se você não pensar nisso, vai acabar se endividando ainda mais, prolongando o desequilíbrio das suas contas.

Tentações de consumo, como a compra de uma televisão nova ou a troca do seu celular podem esperar.

Tenha em mente que o controle do seu orçamento demanda certa disciplina e você deve ter o cuidado de pensar a médio e a longo prazo. Dessa forma, é importante começar a ter hábitos de consumo mais saudáveis desde já.

No artigo de hoje você conferiu 10 dicas sobre como usar o seu 13º salário neste final de ano de forma inteligente e consciente.

Se você gostou dessas dicas e quer ver mais conteúdo como este, para ajudar você a ter uma vida financeira mais estável e estruturada, continue acompanhando as nossas publicações e confira também os nossos artigos anteriores

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Matéria Original: "Como usar o 13º salário"

Última atualização por Renan Dantas - 16/10/2020 - 21:07