Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ação da Braskem já disparou 77% no ano, mas há espaço para subir mais, apontam analistas

05/04/2021 - 19:52
Braskem
Os analistas calculam que a Braskem negocia com um desconto de 45% em comparação aos seus concorrentes globais (Imagem: Braskem/Youtube)

Após uma série de eventos negativos no ano passado, a Braskem (BRKM5) caminha para dar a volta por cima em 2021, aponta o Santander em relatório enviado a clientes.

Segundo os analistas Audi Cristão e Rodrigo Almeida, a empresa terá um pacote de boas notícias pela frente, o que sustenta uma visão mais otimista da petroquímica.

A dupla elevou o preço-alvo de R$ 40,78 para R$ 47, com recomendação de compra, potencial de valorização de 13%.

Só em 2021, as ações da Braskem já acumulam uma alta de 77%.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

“Acreditamos que as ações da Braskem devem continuar a ser sustentadas por uma combinação de sólida demanda se traduzindo em fortes spreads para polietileno (PE), polipropileno (PP) e policloreto de vinila (PVC), cujos preços subiram mais rápido que a nafta, além de avanços positivos nas frentes de Alagoas e México”, destacam.

Além disso, os analistas calculam que a Braskem negocia com um desconto de 45% em comparação aos seus concorrentes globais.

Eles esperam que a empresa feche 2021 com um Ebitda, que mede o resultado operacional, acima de US$ 1,1 bilhão.

Demanda brasileira anima

A dupla afirma que a sólida demanda nacional pode provocar escassez das matérias primas e elevar ainda mais os preços.

“A demanda brasileira por polietileno, polipropileno e policloreto de vinila tem sido impressionante nos últimos meses, a nosso ver, impulsionado pela atividade imobiliária e também pela saúde”, apontam.

Enquanto os preços da nafta aumentaram 24% no acumulado do ano, os preços dos petroquímicos, especialmente polietileno, subiram em um bom ritmo dada a forte demanda em regiões do Brasil, da Europa e da América do Norte.

No México, a empresa já opera regularmente, após o governo mexicano interromper o fornecimento de gás natural na produção de polietileno (Imagem: Divulgação/Braskem Idesa)

Alagoas e México estão perto de serem páginas viradas

Os analistas afirmam que a Braskem caminha para colocar um ponto final nos episódios de Alagoas e México.

No caso do acidente geológico, a companhia já indicou como pretende financiar esses passivos.

Atualmente, a Braskem provisionou R$ 9,2 bilhões em relação ao incidente. Mais R$ 4,35 bilhões em desembolsos ainda devem ser feitos em 2021, com os R$ 4,83 bilhões restantes em 2022-25.

“Acreditamos que enquanto a Braskem estiver perto de encerrar as discussões em relação a Alagoas, alguns assuntos permanecem em discussão, entre eles as conversas com a mineradora nacionais e agência para o enchimento dos poços de sal”, argumentam.

No México, a empresa já opera regularmente, após o governo interromper o fornecimento de gás natural na produção de polietileno em dezembro do ano passado.

“Esperamos uma mudança no contrato de fornecimento de etano da Braskem no México, embora o momento não seja ainda claro e as alterações no contrato dependem da aprovação dos credores do projeto”, apontam.

Resultados

A Braskem reportou lucro líquido de 878 milhões de reais para o quarto trimestre de 2020, revertendo prejuízo de 2,9 bilhões de reais um ano antes, favorecido pela taxa de câmbio, além de melhores spreads e vendas maiores no Brasil.

O resultado operacional recorrente somou 4,5 bilhões de reais, disparando em relação aos 993 milhões de reais um ano antes, beneficiado, pela depreciação do real frente ao dólar, além de melhores spreads de resinas e principais químicos no Brasil, Polipropileno (PP) nos Estados Unidos e Polietileno (PE) no México, além do aumento no volume de vendas de resinas e químicos no mercado brasileiro.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 05/04/2021 - 19:55

Pela Web