Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ação da Wiz está com incertezas demais e BTG deixa de indicar a compra

22/02/2018 - 9:48
O preço-alvo para as ações foi cortado de R$ 17 para R$ 15

O BTG Pactual cortou a recomendação para as ações da Wiz (WIZS3) após a empresa de corretagem de seguros anunciar a saída do seu CEO, João Silveira, mostra um relatório enviado a clientes nesta quinta-feira (22). O executivo irá deixar o posto no dia 1 de março e ainda vai comandar a teleconferência dos resultados de 2017, que serão publicados na próxima terça-feira (27). O preço-alvo foi cortado de R$ 17 para R$ 15.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Os analistas Eduardo Rosman e Thiago Kapulskis destacam que, apesar de a companhia ressaltar que Silveira deixa a Wiz após implementar importantes desafios e pronta para o futuro, a sua saída traz incertezas para o investimento. Ele era visto como alguém que estava lutando bravamente para um bom acordo com a Caixa, com o objetivo de continuar um parceiro do banco na área de seguros.

“Para aqueles que desejam ver o copo como meio cheio, pode-se argumentar que sua partida facilitará as negociações com a Caixa, tendo em vista os ‘desentendimentos’ entre Wiz e Caixa Seguridade durante o período, incluindo diferentes interpretações relativas aos contratos”, ressaltam os analistas.

O BTG destaca que as estimativas para a empresa continuam inalteradas com a avaliação de que a Wiz seguirá o negócio como tem sido até o momento, mas isso parece agora ser muito otimista tendo em vista os últimos desenvolvimentos. A expectativa para os resultados do quarto trimestre de 2017 é de uma apresentação abaixo do consenso do mercado.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 22/02/2018 - 9:48

Cotações Crypto
Pela Web