Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ações de empresas menores lideram ganhos de 2017 com 49,3% de alta; Fundos Imobiliários subiram 19,4%

03/01/2018 - 20:24

Por Ângelo Pavini, da Arena do Pavini

As ações de empresas de menor porte (small caps) apresentaram a maior rentabilidade em 2017, conforme dados da B3, antiga BM&FBovespa. O Índice de Small Caps (empresas com pequena capitalização ou valor de mercado) fechou o ano passado com alta de 49,3%, bem acima do Índice Bovespa, que representa as empresas mais negociados e com maior valor de mercado, e que subiu 26,9%.

Esse comportamento é normal depois de um período de ajuste forte do mercado, como foi 2016, quando as ações mais líquidas costumam concentrar a alta. Tanto que o Ibovespa subiu 38,9%, enquanto o Small Caps ganhou 31,7%. Depois que as chamadas “blue chips” se ajustam, os investidores partem em busca de outras oportunidades em empresas menores, o que ocorreu em 2017.

Em seguida vêm o Índice de Materiais, formado por grandes companhias industriais ou de commodities como siderúrgicas, mineradoras e papel e celulose, com alta de 35,7%. Ações do setor de Consumo acumularam alta de 33,1%, puxadas pela recuperação da economia com base nos gastos das famílias, e do setor Imobiliário, de 31,9%, com retomada de segmentos ligados à moradia popular.

Confira abaixo os  índices de mercado da B3 e seu desempenho em 2017 e 2016.

Índices 2017 2016
SMALL (Small Cap) 49,3 31,7
IMAT (Material Básico) 35,7 33,6
ICON (Consumo) 33,1 13,2
IMOB (Imobiliário) 31,9 32,7
IGCT (Governança Trade) 31,1 35,7
IGC (Governança) 29,9 28,9
ITAG (Tag Along) 28,3 30,2
IBrA (Índice Amplo) 27,7 36,8
IBrX-100 (Brasil 100 ações) 27,5 36,7
IGNM (Novo Mercado) 27,2 18,3
IBOV (Índice Bovespa) 26,9 38,9
IBrX-50 (Brasil 50 ações) 26,8 36,8
IFNC (Financeiro) 26,0 47,2
MLCX (Média e Grande Emp.) 25,3 37,3
IDIV (Dividendos) 25,3 60,5
BDRX (BDR sem Patrocínio) 24,1 (9,7)
ICO2 (Baixo Carbono) 23,7 30,3
IVBX (Valor) 23,1 21,1
INDX (Industrial) 20,1 (0,3)
IFIX (Fundos Imobiliários) 19,4 32,3
ISE (Sustentabilidade) 17,4 13,8
IEE (Energia Elétrica) 10,0 45,6
UTIL (Serviços Públicos) 10,0 54,0

Índices mais amplos, como o IGC, de governança corporativa, com 193 ações, para cerca de 60 do Ibovespa, também apresentaram alta, com o impacto das empresas de menor porte. O mesmo vale para o Índice Amplo (IBrA), semelhante ao Ibovespa, mas com 127 ações, e o IBrX-100 (Índice Brasil 100), com 100 ações.

O Índice de Dividendos ficou um pouco abaixo do Ibovespa, com 25,3%. E o de Sustentabilidade fechou o ano com 17,4%. Na lanterna ficaram os índices do setor Elétrico e de Serviços, como saneamento, com altas de 10% no ano.

Os fundos imobiliários encerraram 2017 com 19,4%, depois da alta de 32,3% de 2016. Eles voltaram a ser beneficiados pela queda dos juros, que torna mais atrativos os ganhos com aluguéis de imóveis, ainda mais com a isenção de imposto sobre os ganhos distribuídos.

Quem são as Small Caps?

Small Caps não necessariamente são empresas pequenas. Há até algum tempo atrás, a própria Oi era uma das participantes do índice, mesmo sendo uma das maiores empresas de telefonia do mercado. Há exemplos de companhias grandes, líderes em seus setores, como Duratex, Energias do Brasil, Qualicorp, Iguatemi, AES Tietê, Gerdau, SulAmérica, Cyrela e outras que também são consideradas, nos critérios da bolsa, empresas de baixa capitalização ou valor de mercado. Isso tem a ver também com a fatia de ações disponível para negociação na bolsa e a liquidez, que valoriza os papéis e aumenta o valor de mercado das empresas.

A Azul é a empresa com maior participação no Índice de Small Caps, com 5,3% de peso, seguida de Qualicorp, CVC, SulAmérica e MRV. Mas é um índice bem menos concentrado que o Ibovespa, no qual quatro grandes bancos possuem mais de 20% do índice.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: ,

Última atualização por Conrado Mazzoni - 04/01/2018 - 10:13

Cotações Crypto
Pela Web