Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ações do Magazine Luiza lideram perdas do Ibovespa

06/11/2018 - 11:21

Por Investing.com – No início da sessão desta terça-feira na bolsa paulista, as ações do Magazine Luiza (MGLU3) operam com desvalorização de 6,14% a R$ 162,34, após a companhia reportar na noite de ontem que encerrou o terceiro trimestre com lucro líquido 29,3% maior do no mesmo período do ano passado, com forte desempenho de vendas, sobretudo no comércio eletrônico, e diluição de despesas.

Na opinião dos analistas da Mirae Asset, mais uma vez a Magazine Luiza reportou um bom resultado, com crescimento e surpreendeu, porém, a margem Ebitda divulgada foi de 7,6% versus 8,8% no mesmo período do ano passado.

A corretora destaca que devido a fase estratégica de foco no cliente, os investimentos adicionais em melhoria no nível de serviço e aquisição de novos clientes reduziram a margem EBITDA em aproximadamente 1 ponto percentual. O Ccaixa líquido ficou em R$ 1,3 bilhão.

A Mirae espera que continuem apresentando crescimento e que recupere a margem ao longo dos próximos trimestres, mas não encontra mais upside para a ação e no momento a recomendação é Neutra, com upside negativo em -18%.

Para o analista Felipe Bevilacqua, da Levante Ideais, os números foram positivos e ficaram acima do esperado na receita líquida e também no lucro. Ele destaca que o principal ponto positivo foi o crescimento das vendas mesmas lojas físicas de 16,3% no período e o forte crescimento de 55% nas vendas de varejo eletrônico. Tais pontos impulsionaram as vendas totais, que cresceram 30%

Bevilacqua espera impacto positivo no preço das ações da Magazine Luiza no curto prazo.

“Devido ao forte crescimento do marketplace, o varejo eletrônico aumentou a sua participação para 36 por cento do total das vendas (GMV) no trimestre (33 por cento no segundo trimestre). A empresa inaugurou 29 novas lojas físicas no trimestre, uma aceleração em comparação com períodos anteriores”, disse o analista em nota enviada pela casa de análises a clientes.

Resultado

O resultado operacional da companhia medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) cresceu 11,4 por cento na mesma base, para 278,9 milhões de reais, ajudado por redução em despesas financeiras e crescimento nas vendas.

Mas a margem Ebitda caiu 1,2 ponto percentual sobre o terceiro trimestre de 2017, para 7,6 por cento, afetada por investimentos adicionais em melhoria no nível de serviço e aquisição de novos clientes.

As vendas totais da Magazine Luiza, incluindo lojas físicas, ecommerce próprio e terceiros (marketplace), somaram 4,6 bilhões de reais entre julho e setembro, um valor 33,6 por cento maior ano a ano.

O crescimento foi liderado pelo comércio eletrônico, cujas vendas saltaram 54,6 por cento em relação ao terceiro trimestre de 2017, para 1,7 bilhão de reais, compreendendo 36,2 por cento do total comercializado pelo Magazine Luiza no período.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 06/11/2018 - 11:21

Cotações Crypto
Pela Web