Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Açúcar e etanol derretem mais ainda após Petrobras reduzir gasolina

18/03/2020 - 15:24
Açúcar
Açúcar derrete mais um pouco, tanto quanto o etanol (Imagem: REUTERS/Ajay Verma)

Quando as agências internacionais despacharam a notícia de que a Petrobras (PETR4; PETR3) vai reduzir em 12% o preço da gasolina (e do diesel) na refinaria a partir de amanhã (19), o fuso horário permitiu que a bolsa de commodities de Nova York tivesse em torno de duas horas para renovar as baixas das cotações do açúcar. Por aqui, os preços do etanol estão se depreciando mais.

O crash do petróleo já leva o barril do tipo Brent, negociado em Londres, na direção de menos US$ 25, perdendo mais 12% hoje, e o WTI, referenciado nos Estados Unidos, a quase US$ 20, em tombo de mais de 20%.

A tendência do ganho de competitividade do combustível de petróleo – apesar de um gap e de outros fatores para que o valor menor chegue às bombas -, encolheu mais ainda o alimento. Desde 21 de fevereiro perdeu o suporte dos 15 centavos de dólar por libra-peso e ontem inaugurou a banda dos 10 c/lp.

Hoje encerrou o dia em 10,67 no vencimento maio, o mais líquido, esvaziando mais 22 pontos, ou quase 1,5%.

Ainda com a safra por começar em 1º de abril, o hidratado na usina caiu para a média de R$ 2,00 nas usinas, segundo Willian Hernandes, da FG Agro, em acentuado recuo desde a semana passada, quando o governo autorizou a petroleira a cortar mais 9% nas refinarias.

Como, inclusive, notou Eduardo Sia, da Sucden Brasil, ao Money Times.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 18/03/2020 - 16:11

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web