Economia

Affonso Celso Pastore, economista e ex-presidente do BC, morre aos 84 anos

21 fev 2024, 8:45 - atualizado em 21 fev 2024, 8:45
Affonso Celso Pastore
Affonso Celso Pastore faleceu em São Paulo, aos 84 anos (Imagem: Marcos Oliveira/Agência /Senado)

O economista e ex-presidente do Banco Central, Affonso Celso Pastore, morreu nesta quarta-feira (21), aos 84 anos. Ele estava internado para uma cirurgia no sábado (17), e passou o fim de semana na UTI. A causa do falecimento não foi anunciada.

Pastore foi um influente economista brasileiro, tendo liderado o BC nos anos 80, durante o governo militar de João Figueiredo.

O economista é autor de diversos livros, sendo o mais reconhecido “Erros do Passado, Soluções para o Futuro”, no em que analisa os erros na economia brasileira a partir dos anos 1960.

Quem foi Affonso Celso Pastore?

Pastore foi graduado e doutorado pela Universidade de São Paulo (USP), e se consolidou como um dos economistas mais renomados do Brasil.

Ingressou na vida pública em 1966, como assessor de Antônio Delfim Neto, então secretário da Fazenda do Estado de São Paulo. No ano seguinte, com Delfim nomeado ministro da Fazenda, Pastore passou a integrar a equipe de assessores.

Entre 1983 e 1985, foi presidente do Banco Central. Outro ponto de destaque foi a participação ativa nas negociações com o Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a dívida externa brasileira.

Repórter
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin