AgroTimes

Alckmin quer mistura de 15% do biodiesel no diesel já em 2024 e cita potencial do Brasil

24 ago 2023, 15:48 - atualizado em 24 ago 2023, 15:48
Etanol de soja biodiesel diesel alckmin
De acordo com Alckmin, a chegada de investimentos estrangeiros está pautada na compensação de carbono pelo Brasil (Imagem:  REUTERS/Marcos Brindicci)

Durante o Comitê Gestor do Fundo do Clima, realizado nesta quinta-feira (24) em Brasília, o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, mencionou a possibilidade de antecipar de 2026 para 2024 o aumento para 15% de biodiesel na composição do óleo diesel.

“Neste ano, a mistura já subiu para 12% e em pouco tempo teremos a mistura de 15% do biodiesel no diesel”, disse Alckmin.

Segundo ele, há possibilidade para essa elevação nos níveis do biocombustível no combustível já em 2024 e não em 2026, como estava previsto anteriormente.

“Nós já temos 27% de etanol na nossa gasolina, e nós podemos chegar a 30% de anidro na mistura. Antigamente, as preocupações eram voltadas para uma produção boa e barata, mas hoje a pergunta fica para: onde eu posso fabricar bem, de forma barata e compensando as emissões de gases de efeito estufa? E, a partir daí, o Brasil pode receber muitos investimentos”, pontuou.

Fora isso, Alckmin citou a aprovação pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) da emissão dos títulos soberanos sustentáveis.

Além de Alckmin, estiveram presentes no evento a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e Aloizio Mercadante, presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.