Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Altos fluxos de navios sinalizam queda dos preços do minério

01/07/2020 - 8:51
Minério de ferro Mineração Commodities
Apesar da pandemia, o minério de ferro se valorizou no primeiro semestre, já que a menor oferta coincidiu com a crescente demanda da China (Imagem: Reuters/Muyu Xu)

Grandes produtoras de minério de ferro da Austrália parecem ter registrado outro mês com fortes exportações em junho, em mais um sinal de que o aperto do mercado transatlântico pode estar diminuindo e abrindo caminho para a queda dos preços.

As exportações totais das quatro maiores mineradoras saltaram para 82,2 milhões de toneladas em junho, um aumento de 10% em relação ao ano anterior, disseram analistas do UBS, como Glyn Lawcock, em relatório.

Na semana de 26 de junho, embarques em todos os portos atingiram recorde de 21,1 milhões de toneladas, segundo dados da Global Ports compilados pela Bloomberg.

“Os suprimentos de minério de ferro das maiores mineradoras aceleraram no segundo trimestre, o que significa que a possibilidade de qualquer recuperação dos preços é bastante limitada”, disse a Hongyuan Futures em relatório.

O mercado de aço também perde impulso à medida que o período de temporada de baixa para a demanda começa na China, afirmou.

Apesar da pandemia, o minério de ferro se valorizou no primeiro semestre, já que a menor oferta coincidiu com a crescente demanda da China, a maior importadora, e elevou os preços acima de US$ 100 a tonelada.

Esses ganhos agora podem desmoronar à medida que mineradoras australianas aceleram a produção e o desempenho do Brasil melhora, com maiores volumes da Vale. O UBS havia alertado em junho que os preços “são insustentáveis nos níveis atuais”.

“Os embarques em junho foram fortes para as mineradoras australianas”, disse a Macquarie Wealth Management em relatório, em referência à BHP, Rio Tinto e Fortescue Metals.

A Covid-19 “parece ter tido pouco impacto nas mineradoras australianas. As empresas mudaram os turnos para enfrentar melhor o vírus e continuar as operações”, afirmou.

Em outro sinal de que o aperto pode estar diminuindo, os estoques portuários de minério de ferro na China se recuperaram, tendo aumentado nas últimas duas semanas, segundo dados da Shanghai SteelHome E-Commerce. Esse é o primeiro ganho consecutivo neste ano e eleva o total em relação ao menor nível desde 2016.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Rafael Borges - 01/07/2020 - 8:51