Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Amazon cancela compras de usuários que conseguiram até produtos de graça com cupons

Bruno Andrade
28/01/2022 - 16:06
Amazon
A Amazon tem até o dia 31 de janeiro para responder o órgão de defesa do consumidor (Imagem: Unsplash/ Andrew Stickelman)

A Amazon está cancelando compras de usuários que usaram diversos cupons e conseguiram até, em alguns casos, “comprar” produtos vendidos no site da gigante de varejo de graça.

Nas redes sociais, diversos relatos mostram que, com a junção de diversos cupons, era possível levar um Kindle gratuitamente.

Visando a situação, o Procon-SP notificou a empresa nesta última quinta-feira (27).  A varejista deverá explicar quantos pedidos de compra foram recebidos relacionados à oferta citada e por quais razões os pedidos foram cancelados.

A Amazon tem até o dia 31 de janeiro para responder o órgão de defesa do consumidor.

Em nota, a companhia disse que a promoção concedia um desconto não cumulativo de R$ 15 na primeira compra efetuada no site. No entanto, houve um problema no site que foi rapidamente corrigido.

“Após a identificação do problema, foram cancelados os pedidos que não haviam sido enviados e que estavam em desacordo aos Termos e Condições”, afirma a empresa.

O que o vai acontecer agora?

De acordo com o Idec, existe a possibilidade da empresa comprovar que foi um erro muito notório e não uma propaganda enganosa.

Nesse caso, os clientes não poderão exigir o cumprimento do código de defesa do consumidor e ficarão sem o produto.

“Caso o valor ofertado seja semelhante ou próximo a de promoções e próximos ao já praticado pela empresa e concorrentes, é direito dessas pessoas exigir o cumprimento da oferta, independentemente da culpa da empresa”, disse o Idec em nota enviada à imprensa.

Veja a nota do Procon-SP na íntegra:

Procon-SP notifica Amazon

“O Procon-SP notificou a Amazon Serviços de Varejo do Brasil solicitando esclarecimentos quanto a notícias veiculadas na imprensa sobre relatos de pessoas afirmando terem adquirido produtos junto a plataforma com grandes descontos e até mesmo de forma gratuita, utilizando vários cupons de desconto em uma só compra.

“A empresa deverá explicar; quantos pedidos de compra foram recebidos relacionados à oferta citada; por quais razões os pedidos foram cancelados; qual o plano de ação para tratativa dos registros efetuados junto ao Procon-SP e os apresentados apenas por meio de seu SAC.

“A empresa tem até o dia 31 de janeiro para responder ao Procon-SP.”

Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Bruno Andrade - 28/01/2022 - 18:17

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto