Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ambev (ABEV3): Por que o Bradesco BBI vê melhora para a empresa

05/07/2022 - 16:35
Ambev-Cerveja
Bradesco BBI vê a Ambev negociando a um múltiplo P/L projetado de 15x (Imagem: Ambev/Divulgação)

Embora os preços das principais commodities usadas na produção de cerveja tenham caído no último mês, a indústria da cerveja continua aumentando os preços, devido ao ambiente inflacionário, segundo o Bradesco BBI.

Em relatório divulgado nesta terça-feira (5), o banco anunciou que as “tendências recentes” sugerem que as margens da Ambev (ABEV3) melhorem.

O banco destaca que leva cerca de 12 meses para que as mudanças nos preços de commodities se reflitam nos resultados da companhia.

O BBI estima que os dados da inflação da cerveja, com alta anual de 9%, a partir de junho, sejam superiores ao aumento estimado do custo, de 8%, com base nos preços spot de commodities e outros componentes.

O banco segue otimista para os papéis da Ambev, reiterando a recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 21, implicando um potencial de alta de 53%, com base no último fechamento.

A instituição vê a companhia negociando a um múltiplo P/L projetado de 15x, abaixo da média histórica de 23x.

Ambiente competitivo é favorável para Ambev

Leandro Fontanesi e Ricardo França, que assinam o relatório do BBI, dizem acreditar que o ambiente competitivo “relativamente favorável” permitirá à Ambev recuperar margens.

O movimento aconteceria à medida que os preços das commodities caem e o consumo retorna aos bares, onde as margens são maiores.

Em relação a concorrência, Fontanesi e França veem a Heineken enfrentando restrições de capacidade até 2024, “quando deverá abrir uma nova fábrica, entendemos que Petrópolis está buscando uma reviravolta em sua operação, o que pode levar a uma redução em sua capacidade de distribuição”, estimam.

Além da Ambev, o BBI também vê outros nomes se beneficiando do cenário de queda nos preços das commodities, como BRF (BRFS3) e M. Dias Branco (MDIA3).

O banco tem recomendação de compra para ambos os papéis, ao preço-alvo de R$ 27 e R$ 40, respectivamente.

Disclaimer

Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Siga o Money Times no Linkedin!

Fique bem informado, poste e interaja com o Money times no Linkedin. Além de ficar por dentro das principais notícias, você tem conteúdo exclusivo sobre carreira, participa de enquetes, entende sobre o mercado e como estar à frente no seu trabalho. Mas não é só isso: você abre novas conexões e encontra pessoas que são uma boa adição ao seu network. Não importa sua profissão, siga o Money Times no Linkedin!

Última atualização por Kaype Abreu - 05/07/2022 - 16:36

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto