Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Mercado Livre (MELI34) investe mais R$ 24 milhões em projeto da Ambipar (AMBP3) de restauração de florestas

20/06/2022 - 12:06
Ambipar dividendos
O projeto “Regenera América” apoia iniciativas de restauração e conservação de florestas (Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

A Ambipar (AMBP3) anunciou nesta segunda-feira (20) que o projeto “Regenera América“, realizado por uma das empresas do grupo, a Biofílica Ambipar Environmental S.A., em parceria com o o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ), receberá um novo investimento do Mercado Livre (MELI34).

O projeto apoia iniciativas de restauração e conservação de florestas. O novo investimento viabilizará o plantio de mais 50 hectares de árvores nativas da Mata Atlântica na região do Pontal do Paranapenema.

“Visando compensar sua pegada de carbono hoje e gerar créditos para comercialização no futuro, o Mercado Livre vai destinar em 2022 mais R$ 24 milhões ao Regenera América”, disse a Ambipar.

O Mercado Livre já havia investido R$ 39 milhões no projeto em 2021. Agora, serão R$ 87 milhões aplicados na regeneração dos principais biomas da América Latina, região que abriga 40% da biodiversidade do planeta.

Projeto AR Corredores de Vida

O Ar Corredores de Vida está entre os projetos apoiados pelo Regenera América. Um trabalho de mais de 20 anos do instituto IPÊ na região do Pontal do Paranapanema.

Desde 2021, o projeto conta com a experiência na gestão de projetos de carbono florestal da Biofílica Ambipar.

De acordo com a Ambipar, a iniciativa une a experiência do instituto IPÊ na restauração florestal com o know-how (experiência empresarial) da Biofílica Ambipar no desenvolvimento e gestão de projetos de carbono, para mensuração e comercialização do CO2eq (equivalente de dióxido de carbono) absorvido pelas áreas restauradas ao longo do período do projeto.

Segundo a companhia, o projeto é eficaz no combate às mudanças do clima, o plantio de árvores para a restauração da vegetação natural gera créditos de carbono de remoção a partir da fotossíntese, “uma vez que as árvores, ao se desenvolverem, capturam e armazenam o carbono emitido na atmosfera em sua biomassa”.

“Adicionalmente, ao restaurar essas áreas, outros benefícios ambientais são gerados, como proteção e recuperação do solo e dos recursos hídricos, fornecimento de alimentos, aumento da polinização e atração da fauna local, que passa a utilizar e ocupar esses ambientes reabilitados”, explica a Ambipar.

Confira o fato relevante:

Última atualização por Kaype Abreu - 20/06/2022 - 12:08

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto