Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Anbima e CVM lançam portal sobre fraudes financeiras

07/10/2020 - 12:09
De acordo com a empresa, nos últimos anos a CVM registrou aumento considerável no número de denúncias de fraudes financeiras (Imagem: Site/Se Liga Na Fraude)

A Anbima, em parceria com a CVM, lançou o site Se Liga Na Fraude, que busca auxiliar o investidor a se proteger de golpes financeiros.

No portal, são explicadas as características das principais fraudes aplicadas no mercado, são oferecidas dicas sobre como não ser mais uma vítima, a quem recorrer se cair em algum esquema e conteúdos interativos sobre o tema.

Para Ana Leoni, superintendente de educação e informações técnicas da ANBIMA, qualquer pessoa pode cair em uma fraude, seja ela um investidor experiente ou alguém que nunca investiu. “Quanto mais a gente acha que está protegido e que isso nunca acontecerá com a gente, mais ficamos vulneráveis aos ataques de golpistas, pois eles sabem agir na hora certa. Por isso, o melhor remédio para não cair em fraudes é a informação. Conhecer como os investimentos funcionam de verdade e quais são os principais golpes é a melhor prevenção”, afirma Ana.

De acordo com a empresa, nos últimos anos a CVM registrou aumento considerável no número de denúncias de fraudes financeiras. O cenário de baixa taxa de juros contribui para isso.

A CVM e a ANBIMA constataram isso na prática, colocando no ar um site que simula um investimento. Lançada em agosto, a página oferece um investimento de alta rentabilidade, de forma “rápida, simples e segura”. Ao clicar, a pessoa recebe o alerta de que quase caiu em uma fraude. Até o início de setembro, o site contava com mais de 11 mil acessos e uma taxa de conversão de 20%. Ou seja, do total de pessoas que navegou pela página, 2.200 mil clicaram no link para realizar o “investimento”.

“A informação é a primeira linha de defesa do investidor. As ofertas irregulares de investimento, pelos danos que causam à sociedade, pedem uma mobilização para seu enfrentamento. A nova campanha não apenas complementa ações anteriores, como oferece oportunidade para que outras instituições e profissionais se juntem a esse esforço educacional visando a proteção dos investidores”, explica José Alexandre Vasco, superintendente de orientação e proteção ao investidor da CVM.

O site entrou no ar nesta semana e a parceria tem prazo de cinco anos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Vitória Fernandes - 07/10/2020 - 12:09