Aplicativo Bumble também quer entrar para o metaverso e Web 3.0

The Block
The Block
13/11/2021 - 11:00
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Celular aplicativo
O aplicativo Bumble é, provavelmente, mais conhecido por sua vertente de relacionamentos, mas ele também apresenta formas de encontrar amizades e oportunidades de networking (Imagem: Freepik/snowing)

O aplicativo de relacionamentos e amizade Bumble está analisando como integrar o metaverso e a Web 3.0 em um relançamento de sua plataforma para conhecer amigos, afirmaram executivos do app nessa semana.

Embora vários detalhes sobre o blockchain do Bumble permanecem ainda incertos, a companhia com sede no estado americano do Texas parece estar levando o metaverso – termo que se refere a mundos virtuais, com experiências e ativos digitais integrados – em consideração, à medida que embarca na remodelação de sua plataforma Bumble BFF para encontro de amizades.

“Bumble BFF oferece uma plataforma para Bumble tornar-se o líder no mundo da Web 3.0”, disse Whitney Wolfe Herd, fundadora e CEO do Bumble, durante a conferência sobre resultados da empresa feita nessa semana.

Herd enfatizou que a Web 3.0 tem foco na comunidade e nos participantes que a desenvolvem.

“A curto prazo, isso significa mais engajamento, participação e criação de modelos”, disse a fundadora.

“Mas, a longo prazo, isso se torna um meio para os membros serem donos de sua própria experiência no Bumble. Isso poderá acontecer por meio das comunidades criadas, pelos bens virtuais e experiências que adquirem, ou ainda por novos meios de se apropriar de sua identidade, à medida que navegam pelo metaverso”, acrescentou Herd.

O aplicativo Bumble é, provavelmente, mais conhecido por sua vertente de relacionamentos, mas ele também apresenta formas de encontrar amizades platônicas, como é o caso do Bumble BFF, e oportunidades de networking, como Bumble Bizz.

A companhia está começando a explorar a ideia de metaverso por meio da análise de como este se encaixaria na próxima versão do Bumble BFF, o qual Herd disse que irá ajudar as pessoas a encontrar “uma comunidade mais ampla para compartilhar alegrias e dificuldades.”

Bumble está “adotando lentes da Web 3.0”, disse Tariq Shaukat, presidente do Bumble Inc., a um analista durante a conferência de resultados. Para o futuro próximo, a companhia está interessada em como poderá aplicar blockchain e cripto no reino da experiência em comunidade.

Shaukat acrescentou:

Temos ainda alguns testes, os quais estamos muito animados de realizar, e que serão feitos nos próximos meses, mas acreditamos que temos o primeiro suporte aqui. Isso será algo que irá evoluir.

Queremos garantir que estamos estabelecendo a fundação técnica e de engenharia para o que vier emergir no mundo do metaverso e da Web 3.0.

Usuários do Twitter perceberam que Bumble havia postado uma vaga de emprego para “diretor de Cripto e Web 3.0” no LinkedIn, com a empresa em busca de um candidato com mais de dez anos de experiência “na elaboração e desenvolvimento de sistemas de grande escala”, bem como “amplo entendimento dos desafios e recompensas de desenvolvimento de aplicativo móvel”.

Bumble Inc., empresa-mãe do Bumble e de outro aplicativo de relacionamento, chamado Badoo, obteve um aumento na quantidade de usuários pagantes nos dois aplicativos, para 2,9 milhões no terceiro trimestre.

A companhia abriu seu capital em fevereiro de 2021, após arrecadar US$ 2,2 bilhões para sua oferta inicial pública (IPO).

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 12/11/2021 - 17:02

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web