Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Após PIB, Ibovespa engata terceira alta e volta aos 100 mil pontos

29/08/2019 - 17:16
Ibovespa Mercados
O principal índice acionário brasileiro subiu 2,47%, a 100.621,30 pontos, de acordo com dados preliminares (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O Ibovespa encerrou sua terceira sessão consecutiva no azul nesta quinta-feira, voltando a superar os 100 mil pontos, diante de dados econômicos melhores que o esperado no cenário doméstico e um relativo alívio nas tensões relacionadas ao conflito comercial entre Estados Unidos e China.

O principal índice da bolsa paulista subiu 2,37%, a 100.524,43 pontos, com isso esvaziando a perda de agosto na penúltima sessão do mês. O giro financeiro da sessão somou 17,6 bilhões de reais.

No Brasil, o destaque foi o aumento de 0,4% no Produto Interno Bruto de abril a junho na comparação com o trimestre anterior, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado veio acima da expectativa de crescimento de 0,2%, de acordo com pesquisa da Reuters.

“A notícia do PIB foi ótima e muito positiva para o mercado. Todos estávamos muito nervosos com a possibilidade de o Brasil entrar em recessão técnica… Não foi o que vimos”, afirmou o diretor de operações da corretora Mirae Asset, Pablo Spyer.

No cenário internacional, Wall Street repercutiu declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, de que os negociadores dos EUA e da China têm conversas marcadas com o objetivo de aliviar tensões comerciais ainda nesta quinta-feira “em um nível diferente”, mas não deu detalhes.

Mais cedo, o mercado já havia se animado com comentários da China que de que prefere resolver com calma a questão comercial com os EUA, e que os países estão discutindo a próxima rodada de negociações presenciais marcada para setembro.

Destaques

Vale (VALE3) ganhou 3,73%, acompanhando o movimento de outras mineradoras na Europa, com papéis de siderúrgicas também no azul, entre elas Usiminas  (USIM3) que avançou 9,13%, na ponta superior do índice.

Via Varejo (VVAR3) avançou 4,43%, com o setor de varejo entre os destaques do Ibovespa. B2W (BTWO3) teve alta de 3,04% e Magazine Luiza (MGLU3) evoluiu 6,73%.

Petrobras (PETR4) subiu 3,76%. A Petrobras teve decisão favorável definitiva do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), que cancelou débito de 5,9 bilhões de reais, referente à homologação de créditos de PIS e Cofins.

JBS (JBSS3) valorizou-se 2,65%, beneficiada pelas expectativas para demanda de proteínas com os problemas ligados à peste suína africana. Marfrig (MRFG3avançou 6,78%. Já BRF passou por sessão de ajuste e caiu 0,56%

Bradesco (BBDC4) subiu 1,88%. Itaú Unibanco (ITUB4) avançou 0,53%, Banco do Brasil (BBSA3) valorizou-se 2,43% e Santander (SANB11) ganhou 2,95%.

– Raia Drogasil (RADL3) cedeu 1,57%, corrigindo parte do salto da véspera, quando fechou em alta de 4,8%. No mês, até a quarta-feira, os papéis acumularam valorização de 12,7%.

– Fora do índice, OI (OIBR3) saltou 19,51%, afastando-se de mínimas em quase três anos registradas na semana passada, tendo no radar reportagem citando interesse de empresa norte-americana no grupo de telecomunicações.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 29/08/2019 - 17:52

Cotações Crypto
Pela Web