Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Sem querer, Via Varejo revela crescimento vertiginoso de vendas online

21/07/2020 - 11:43
VVAR3 Via Varejo Casas Bahia
Em caráter excepcional, a Via Varejo consolida o percentual de crescimento de vendas da empresa a consumidores finais entre período de 2020 e 2019 (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

Na manhã desta segunda-feira (20), por volta das 09h48 (horário de Brasília), o departamento de comunicação da Via Varejo (VVAR3) publicou no Twitter números comparativos de 2020 e 2019 quanto ao crescimento de vendas em determinadas categorias de produtos na plataforma de e-commerce da varejista.

Acontece que a divulgação de tais dados não faz parte da política da dona das marcas Casas Bahia e Ponto Frio. A postagem foi removida no mesmo dia às 12h55 (horário de Brasília).

Em caráter excepcional, para manter a credibilidade de suas informações operacionais, a Via Varejo optou por apresentar aos seus acionistas e ao mercado em geral o percentual de crescimento de vendas da empresa a consumidores finais, no período comparativo de 03 de maio a 23 junho de 2019 ante 01 de maio a 21 de junho de 2020.

Por Categoria Percentual (%)
Lavadoras 248
Queimadores 418
Refrigeração 283
Games/Câmeras 859
Informática 475
Som 232
Telefonia 354
Televisores 382

A companhia enfatiza que as informações são gerenciais e não auditadas.

Por Best Seller de Categoria Percentual (%)
Lavadoras 308
Queimadores 746
Refrigeração 400
Games/Câmeras 2.507
Informática 1.453
Som 1.518
Telefonia 1.095
Televisores 1.899

Varejistas unidas na valorização

Via Varejo Casas Bahia
As ações da Via Varejo saltavam quase 10% por volta do meio-dia (Imagem: Via Varejo/Linkedin)

No pregão desta terça-feira (21), as ações da Via Varejo (VVAR3) figuram entre as maiores altas do Ibovespa (IBOV), tendo renovado a cotação máxima histórica obtida na véspera, a R$ 21,28, em sessão bastante positiva para papéis ligados ao comércio eletrônico na B3 (B3SA3).

Por volta das 11h43 (horário de Brasília), as ações da Via Varejo operavam em alta de 9,69%, a R$ 21,63, enquanto Magazine Luiza (MGLU3) subia 793% a R$ 88,50, e B2W (BTOW3) avançava 6,18%, a R$ 122,62.

As ações da Via Varejo (VVAR3) e da Lojas Americanas (LAME4) tiveram os seus preços-alvos elevados e a recomendação de compra reiterada pelos analistas do Bradesco BBI, revela um relatório enviado a clientes.

Richard Cathcart e Flavia Meireles revisaram as projeções para os papéis da dona da Casas Bahia e Ponto Frio de R$ 17 para R$ 22 e para a Lojas Americanas de R$ 38 para R$ 41.

Veja o comunicado da Via Varejo:

(Matéria atualizada às 11h43 – Horário de Brasília)

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 21/07/2020 - 11:53

Cotações Crypto
Pela Web