Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Após reverter prejuízo, ações da Cyrela têm leve queda em dia de sessão negativa

08/11/2019 - 11:39
Construção civil Empreiteiras construtoras
As ações da Cyrela operam em queda, na noite de ontem, a companhia informou que teve lucro líquido de R$ 104 milhões no terceiro trimestre ante prejuízo de R$ 121 milhões (Imagem: REUTERS/Ricardo Moraes)

Por Investing.com

Na parte da manhã desta sexta-feira na bolsa brasileira, os papéis da Cyrela (CYRE3) são negociados em leve desvalorização, em dia de queda importante do Ibovespa.

Na noite de ontem, a companhia informou que teve lucro líquido de R$ 104 milhões no terceiro trimestre ante prejuízo de R$ 121 milhões em igual período de 2018, apoiada em crescimento da receita após salto em lançamentos e vendas. Analistas, em média, estimavam lucro de R$ 76,5 milhões, segundo dados da Refinitiv.

Com isso, os papéis cediam, por volta das 11h16, 0,39% a R$ 27,80.

No trimestre, os lançamentos da Cyrela quase dobraram sobre um ano antes, para 1,77 bilhão de reais, enquanto as vendas contratadas avançaram 70%, para 1,07 bilhão. Já as entregas cresceram 92,5%, para 1,23 bilhão de reais.

Para a Mirae Asset, o resultado veio em linha com a expetativa e novamente foi um sólido resultado. As expectativas continuam favoráveis para o setor e para a empresa, uma vez que num cenário de recuperação da economia, com juros baixos, a Cyrella será beneficiada.

A avaliação do Bradesco BBI e de que a Cyrela  apresentou resultados mistos, com receita em linha com o esperado pelo banco, mas margem bruta e lucro líquido recorrente ficaram abaixo do projeto.

O documento enviado a clientes destaca ainda que a incorporadora deve seguir com fortes números operacionais, que podem resultar positivamente para as expectativas para este final de ano.

Já o BTG Pactual (BPAC11) não acredita que os resultados da Cyrela devam movimentar as ações, uma vez que o resultado foi amplamente alinhado com o esperado pela instituição, fazendo com que seja mantida uma posição positiva em relação às construtoras brasileiras em geral, pois os analistas acreditam que o momento permanece sólido. A classificação segue de compra na Cyrela, negociando a 2,2x P / TBV.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Rafael Borges - 08/11/2019 - 11:41