Apostas

Apostas esportivas podem ser limitadas (e isso não envolve a Fazenda); entenda

12 nov 2023, 14:11 - atualizado em 12 nov 2023, 14:11
apostas esportivas
Projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputas quer limitar os tipos de apostas que podem ser feitas em esportes coletivos. (Imagem: Pixabay)

O Ministério da Fazenda vem tentando aprovar um projeto que regulamenta e taxa as apostas esportivas. No entanto, um novo projeto de tramita na Comissão de Esporte da Câmara dos Deputados pode limitar ainda mais a modalidade.

O texto de do deputado Ricardo Ayres sugere proibir as apostas de resultados individuais, como número de cartões amarelos, vermelhos, faltas e escanteios, nos casos de esportes coletivos, que é o caso do futebol. Ou seja, os apostadores poderiam negociar os resultados das partidas e os respectivos números de gols.

A ideia é que os jogadores não tenham como interferir individualmente nos retornos financeiros dos palpites de apostadores.

“A proibição das apostas em ações individuais, como cartões amarelos, cartões vermelhos, escanteios e faltas, visa evitar possíveis manipulações e influências negativas no decorrer dos jogos. Apostar nessas ações individuais pode incentivar comportamentos antidesportivos e prejudicar a imparcialidade dos árbitros”, diz o texto.

Vale lembrar que, no início do ano, uma investigação conduzida pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) descobriu que apostadores aliciavam atletas de times de futebol para que eles fossem punidos com cartões amarelos ou vermelhos ao longo de jogos. Dessa forma, era possível manipular o resultado dos palpites.

Confira o projeto de lei que limita as apostas esportivas na íntegra

Editora-chefe
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin
Os acontecimentos mais importantes do mercado financeiro estão a um clique de você.
Queremos enviar as principais notícias de economia diretamente no seu e-mail. Sem cobrar nada por isso. Inscreva-se no botão abaixo:
*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.