BusinessTimes

Arezzo (ARZZ3) faz primeira aquisição internacional e avança em mercado de luxo

03 mar 2023, 9:11 - atualizado em 03 mar 2023, 9:11
Arezzo
Fechamento da operação não está condicionado à verificação de quaisquer condições precedentes. (Imagem: Money Times)

A Arezzo&Co (ARZZ3) informou nesta sexta-feira (3) a compra da grife italiana Paris Texas, primeira aquisição internacional da companhia.

A Paris Texas é uma empresa fundada em 2015 pelos Baltimora (Annamaria Brivio e Massimo Baltimora) e atua na criação, produção e comercialização de calçados femininos de luxo.

“O Grupo Arezzo&Co acelera o processo de internacionalização e dá um passo importante na estratégia de desenvolvimento de sua plataforma global de calçados de luxo, ao lado da marca Alexandre Birman”, disse a companhia.

O que diz o acordo

Segundo a varejista de moda, o contrata assinado com a empresa prevê aumento de capital mediante a subscrição e integralização pela subsidiária ARZZ Itália, em dinheiro e à vista, de novas quotas representativas de 26% do capital social da Paris Texas, no valor total de 10 milhões euros – equivalente, a R$ 54,5 milhões.

O contrato também prevê a aquisição, pela ARZZ Itália, por meio de compra e venda, de quotas de titularidade da Baltimora representativas de 39% do capital social da Paris Texas, pelo valor total, a ser pago em dinheiro e à vista, de 15 milhões euros – equivalente a R$ 81,6 milhões.

O valor representa múltiplos de 1,9x a receita e 11x o Ebitda da Paris Texas em 2022. Com a implementação da operação, a subsidiária da Arezzo passa a deter 65% do capital social total da Paris Texas e a ser sua controladora.

Os Fundadores Baltimora permanecerão como diretores executivos da Paris Texas até, pelo menos, o encerramento do exercício social de 2027.

“Nos termos do Contrato de Opções, desde que verificadas determinadas hipóteses dentro dos períodos ali estabelecidos, tanto a ARZZ Itália como a Baltimora poderão exercer determinadas opções de compra ou venda mutuamente outorgadas, de forma que, se e quando exercidas as opções, a ARZZ Itália passará a deter até 100% do capital social da Paris Texas“.

O fechamento da operação não está condicionado à verificação de quaisquer condições precedentes e será formalizado tão logo finalizados os trâmites aplicáveis de acordo com a legislação italiana.

Veja o documento divulgado pela Arezzo

Editor
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin