Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Arthur do Val: 75% dos leitores do MT apoiam cassação, após fala machista

Márcio Juliboni
07/03/2022 - 21:26
Arthur do Val, o Mamãe Falei
Cadê a mamãe? Arthur do Val enfrenta processo de expulsão do Podemos e pode ser cassado na Alesp (Imagem: Facebook/ Arthur do Val)

O deputado estadual Arthur do Val (PODE-SP), conhecido como “Mamãe Falei” deveria ter seu mandato cassado, após o vazamento do áudio em que diz que as ucranianas são “fáceis, porque são pobres”.

Na sua opinião, Arthur do Val foi machista

ao dizer que as ucranianas

“eram fáceis, porque são pobres”?

89,40% Sim
10,60% Não

Esta é a opinião de 75% dos leitores do Money Times que responderam a enquete desta segunda-feira (7). A porcentagem dos que consideram a declaração machista é maior: 89%. A enquete contou com 437 participantes.

Na sua opinião, do Val deve perder

seu mandato de deputado estadual,

por causa do episódio?

74,90% Sim
25,10% Não

“Mamãe Falei”… besteira

Na noite da última sexta (4), a coluna do jornalista Igor Gadelha, no site Metrópoles, publicou áudios em que Do Val falava com os amigos sobre as mulheres ucranianas, hoje refugiadas de guerra por conta da invasão russa. Do Val chegou a dizer que elas seriam “fáceis por ser pobres”.

“E detalhe: elas olham. E vou te dizer: são fáceis, porque elas são pobres. E aqui, cara, a minha carta do Instagram, cheia de inscritos, funciona demais. Funciona demais. Depois eu conto a história. Não peguei ninguém. Mas eu ‘colei’ em duas ‘minas’, que a gente não tinha tempo, em dois grupos de ‘minas’”.

Do Val havia viajado para a Ucrânia para, segundo ele, ajudar a população a resistir à invasão da Rússia. Já no Brasil, o deputado confirmou a veracidade dos áudios, mas se defendeu das acusações de ter ido à viagem em busca de turismo sexual, já que os contextos “seriam diferentes”. Ele afirmou “foi um erro e que não pensa desta forma”.

“Eu fui para fazer uma coisa, mandei um áudio infeliz e a impressão que passou é que eu fui fazer outra coisa. Se as pessoas quiserem me julgar pelo áudio, acho que as pessoas têm esse direito. Só peço que as pessoas entendam o contexto, são dois contextos diferentes. Uma coisa é o Arthur que foi lá [Ucrânia] fazer a missão que fez e saiu. A outra coisa é o Arthur que já tinha saído e mandou um áudio num grupo privado com os amigos dele de forma errada, descabida, não foi a melhor das posturas, é nítido aquilo. Mas é um áudio privado”.

Expulsão do Podemos e cassação do mandato

Diante da grande reprovação da opinião pública às declarações machistas do deputado, o Podemos, seu partido, informou na noite desta segunda-feira (7) que recebeu ontem o pedido para expulsá-lo e abriu hoje o processo disciplinar interno.

Segundo informou a nota, o pedido foi encaminhado à deputada federal Renata Abreu, presidente da sigla. O Podemos ressaltou que “Mamãe Falei” filiou-se há pouco tempo. Do Val foi eleito pelo Democratas (DEM), mas migrou para a legenda, numa tentativa de se aproximar do ex-juiz Sergio Moro, pré-candidato do Podemos à presidência.

O deputado, integrante do MBL (Movimento Brasil Livre), chegou a se encontrar com Moro para se colocar como pré-candidato ao governo de São Paulo. A repulsa causada pelos áudios, contudo, levou Moro a romper publicamente com Do Val, que acabou retirando-se da corrida ao Palácio dos Bandeirantes.

Na Assembleia Legislativa de São Paulo, a situação também se complica. Já na noite da sexta-feira, a deputada Isa Penna (PSOL) protocolou um pedido de cassação do mandato do parlamentar. Penna também pretende enviar uma representação contra Do Val ao Ministério Público de São Paulo.

(Com Alexa Meirelles)

Última atualização por Márcio Juliboni - 07/03/2022 - 21:26

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto