Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

As 2 ações que saltaram mais de 100% em 2019 – e que a XP ainda recomenda para 2020

08/01/2020 - 18:46
Salto com vara
Salto olímpico: ações com alta de mais de 100% seguem no radar da XP (Imagem: Steven Pisano/Flickr.com)

Quem não aproveitou a alta de mais de 30% do Ibovespa, no ano passado, sabe que dificilmente encontrará um desempenho parecido neste ano. Na média, os analistas esperam uma valorização de 15%.

Imagine, então, o que dizer de empresas que dispararam mais de 100% no ano passado. Sim, é improvável que isso se repita, mas duas empresas nessa situação ainda agradam a XP Investimentos.

A JBS (JBSS3), maior produtora de proteína animal do mundo, saltou nada menos que 122% no ano passado. A empresa foi favorecida, basicamente, por três fatores: a peste suína africana, que, apesar da origem, se espalhou pela China; o aumento das exportações para os EUA; e os “sólidos resultados”, segundo a XP.

jbs
Tudo ajuda: da peste suína à maior demanda dos EUA, JBS surfou tudo (Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino)

Apesar da forte valorização, a gestora manteve a empresa na carteira de dez ações recomendadas para 2020.

“A JBS segue nossa empresa predileta no setor de frigoríficos, graças a seu posicionamento geográfico vantajoso. Em 2020, seus resultados devem seguir impulsionados pela peste suína africana, além de um mercado americano aquecido e do mercado doméstico retomando”, afirma a XP.

Álcool e gás

A Cosan (CSAN3) é a outra empresa que disparou na bolsa em 2019, com alta de 112%, mas segue recomendada. No ano passado, a companhia se beneficiou de uma conjuntura favorável tanto na área de gás, onde controla a Comgás, quanto na de combustíveis, em que atua com a Raízen, uma parceria com a Shell.

Cosan
Combustível: Raízen, controlada pela Cosan, melhorou vendas (Imagem: Divulgação/Raízen)

A XP lembra que, recentemente, as ações também são impulsionadas pelas expectativas de que a Cosan compre participações da Petrobras (PETR3; PETR4) em refinarias. Os ventos favoráveis devem continuar pelos próximos meses, segundo a gestora.

“Seguimos acreditando no potencial da Cosan, devido à maior consistência na estratégia comercial em distribuição de combustíveis e o momento positivo para as outras linhas de negócio na empresa (como açúcar e etanol e distribuição de gás)”, afirma a XP.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 08/01/2020 - 19:03