Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

As cinco principais notícias do mercado internacional desta quinta-feira

11/07/2019 - 8:45
Jerome Powell terá a oportunidade de enfatizar suas perspectivas dovish ( Imagem: Facebook Jerome Powell)

Por Investing.com 

1. Inflação e seguro-desemprego e, mais testemunho de Powell em destaque

O chairman do Fed, Jerome Powell, estará de volta aos holofotes na quinta-feira (11), depois de sugerir um dia antes que o banco central deverá avançar com o corte de 25 pontos base na taxa de juros, em sua próxima reunião no final deste mês.

Embora Powell deverá repetir o mesmo testemunho a partir das 11h00 – desta vez para o Comitê Bancário do Senado – ele terá a oportunidade de enfatizar suas perspectivas dovish no momento de perguntas e respostas com senadores, bem como para adicionar comentários críticos que ele fez sobre o projeto de moeda digital do Facebook, o Libra na quarta-feira.

Três outros formuladores de políticas do Fed também oferecerão seus próprios pontos de vista em aparições separadas ao longo do dia.

Com relação aos dados econômicos, os dados mais recentes da inflação e do mercado de trabalho serão divulgados às 9h30.

índice de preços ao consumidor para junho será considerado no contexto dos comentários de Powell de que há um risco de que a inflação fraca seja ainda mais persistente do que o Fed atualmente espera.

Os números dos pedidos semanais de seguro-desemprego chegam depois que o relatório de emprego de junho pintou um quadro sólido de criação de emprego na economia americana.

2. Delta dá início à temporada de ganhos das companhias aéreas

A Delta Air Lines (DAL) deve divulgar lucros antes do mercado abrir na quinta-feira, com os investidores prevendo bons resultados do segundo trimestre da companhia, ajudados pela falta de exposição a problemas com o 737 MAX da Boeing. O modelo não faz parte da frota da Delta, em contraste com a maioria dos rivais dos rivais da empresa.

Delta Air Lines divulgou lucros antes do mercado abrir na quinta-feira (Divulgação/Boeing)

Com o início “não-oficial” da temporada de resultados programada para começar com os resultados do JP Morgan em 16 de julho, a Entergy (ETR) e a Fastenal (FAST) estarão entre as empresas também relatando antes da abertura.

As ações da Bed Bath & Beyond (BBBY) sobe 0,70% no pregão anterior ao mercado nesta quinta-feira, após reportarem grandes perdas devido a despesas com redução ao valor recuperável para um segundo trimestre consecutivo.

2. Bolsas globais sobem após comentários de Powell e minutas do Fed

As ações globais subiram na quinta-feira, depois que Powell – e as minutas da última reunião de política monetária do Fed – encorajaram as expectativas dos investidores de um corte no juro no final do mês.

Os futuros dos EUA apontaram para uma abertura mais alta em Wall Street, com o futuros do Nasdaq 100 ganha 0,20%, enquanto futuros do Dow sobem 0,32% e futuros do S&P 500 avançam 0,21%. O S&P brevemente negociado acima de 3.000 pela primeira vez na quarta-feira.

Os mercados de futuros europeu e asiático também conseguiram quebrar uma série de derrotas de quatro dias.

4. Petróleo sobe enquanto o Irã tenta capturar petroleiro do Reino Unido

Os preços do petróleo estavam sendo negociados em uma alta de seis semanas nesta quinta-feira, à medida que aumentavam as tensões no Golfo Pérsico e os alertas de tempestade no Golfo do México sustentavam os preços.

Segundo o CNN, o Irã supostamente tentou capturar um petroleiro britânico no Golfo Pérsico, embora Teerã tenha negado oficialmente a reportagem.

Petróleo sobe nesta quinta-feira (Imagem: Wikimedia Commons)

As tensões foram altas no Oriente Médio depois de ataques a navios-tanque e à queda de um drone americano pelo Irã no mês passado.

Enquanto isso, uma ameaça de tempestade no Golfo do México atingiu a produção de petróleo na área, à medida que as empresas evacuavam os trabalhadores das sondas da área. Até agora, os produtores de petróleo reduziram quase um terço da produção de petróleo do Golfo do México antes do que poderia ser uma das primeiras grandes tempestades da temporada de furacões no Atlântico.

Os investidores estarão esperando o relatório mensal da OPEP, esperado para as 8h00, sobre os principais desenvolvimentos que moldam os mercados de petróleo, com a sua avaliação da demanda global particularmente importante agora que a OPEP e outros produtores, incluindo a Rússia, concordaram em limitar sua oferta pelo menos até o final do ano.

5. EUA mira França para tarifas de retaliação em meio a tensões comerciais globais

Os Estados Unidos lançou um inquérito sobre o plano da França para tributar os gigantes da tecnologia no que pode ser um precursor das tarifas de retaliação.

O parlamento francês decidirá se aprova uma taxa de 3% sobre as receitas feitas por empresas como o Google (GOOGL) e Facebook (FB), o que o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer afirmou que pode ser discriminação contra as empresas de tecnologia americanas.

A questão provavelmente aumentará as tensões comerciais entre os EUA ea União Europeia, que o presidente Donald Trump já ameaçou com tarifas de automóveis.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 11/07/2019 - 8:55

Cotações Crypto
Pela Web