Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

As 5 principais notícias do mercado internacional desta terça-feira

10/12/2019 - 10:22
O presidente dos EUA, Donald Trump
Os congressistas do Partido Democrata deverão enviar pelo menos dois artigos de impeachment ao Senado para tirar o presidente Donald Trump do cargo (Imagem: REUTERS/Tom Brenner)

Por Investing.com 

As estratégias de barganha continuam pressionando os EUA e a China, enquanto o prazo para a próxima rodada de tarifas de importação nos EUA se aproxima. Os congressistas do Partido Democrata deverão enviar pelo menos dois artigos de impeachment ao Senado para tirar o presidente Donald Trump do cargo.

Os dados da Ásia ficaram abaixo do esperado, mas a Alemanha mostra mais sinais de estabilização. E o relatório semanal de fornecimento de petróleo do Instituto Americano de Petróleo dos EUA está previsto para hoje.

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na terça-feira, 10 de dezembro.

1. Ações orientadas para abertura em baixa

Os mercados de ações dos EUA devem abrir mais uma vez em baixa, com o mercado temeroso de que não haja acordo comercial entre os EUA e a China para impedir que a última rodada de tarifas dos EUA entre em vigor no próximo domingo.

Wall Street Mercados
Os mercados de ações dos EUA devem abrir mais uma vez em baixa (Imagem: REUTERS/Brendan Mcdermid)

Às 10h08 (horário de Brasília), os futuros da Dow  0,39%, enquanto os do S&P 500 também caíam 0,35% e os da Nasdaq 100 caíam 0,40%.

Durante a noite, os mercados asiáticos foram negociados em diferentes direções, com as tendências mais baixas, enquanto os mercados europeus – sempre altamente expostos à dinâmica comercial – caíam mais acentuadamente. O Euro Stoxx 50 perdia 0,8%, enquanto o DAX alemão caía 1,2%.

A Autozone lidera uma lista de rendimentos mínimos para o dia.

2. Democratas devem anunciar artigos de impeachment

Espera-se que a Câmara dos Deputados apresente pelo menos dois artigos de impeachment em seu esforço para remover o presidente Donald Trump do cargo, de acordo com várias notícias.

Donald Trump,
Para remover o presidente Donald Trump do cargo, espera-se pelo menos dois artigos de impeachment da Câmara dos Deputados (Imagem: REUTERS/Jonathan Ernst)

Os artigos, um alegando abuso de cargo e outro alegando obstrução do Congresso, devem ser anunciados em uma entrevista coletiva às 11h (horário de Brasília) em Washington.

3. Golpe dos EUA no setor de transporte chinês

Com o silêncio total sobre as negociações comerciais, à medida que a data se aproxima do prazo de 15 de dezembro para mais tarifas nos EUA, os governos dos EUA e da China continuam indefinidos por meio de medidas específicas do setor de transporte, destinadas a separar-se de seus respectivos mercados.

Os EUA estão elaborando um projeto de lei que impediria as agências federais de comprarem vagões e ônibus fabricados por empresas chinesas, duas das quais investiram pesadamente em instalações de produção nos EUA no ano passado, segundo o The Wall Street Journal.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A Lei de Autorização de Defesa Nacional excluiria o gigante ferroviário CRRC e a fabricante de veículos elétricos BYD dos contratos federais.

A medida seria uma ofensiva a uma determinação chinesa para remover todos os computadores e softwares dos EUA dos escritórios e agências do governo chinês, anunciada na final de semana.

4. Dados japoneses, chineses e alemães apontam para um enfraquecimento global no quarto trimestre

A economia mundial parece arriscada no quarto trimestre, com dados do Japão e da China da noite para o dia, ambos apresentando um quadro sombrio. A inflação dos preços ao produtor na China aumentou em novembro, mas ainda era de -1,4% no ano. Os preços ao consumidor estavam mais altos depois que o aumento dos preços da carne de porco.

Os pedidos de máquinas-ferramenta no Japão caíram no ritmo mais rápido desde a recessão de 2009 em outubro, uma queda de 37,9% no ano.

Os dados seguem uma queda semelhante, embora mais branda, nos pedidos de fábricas alemãs para outubro da semana passada, e apontam para uma fraqueza sustentada no investimento empresarial global, dado que ambas as economias estão fortemente expostas ao comércio de bens de capital.

Separadamente, a Associação Alemã de Engenharia Mecânica disse que seus membros não esperam que a produção melhore antes do segundo semestre do próximo ano. A pesquisa alemã da ZEW, por outro lado, apresentou uma imagem mais otimista, seu índice de sentimento econômicos atingiu seu melhor nível desde fevereiro de 2018.

5. Calendário de dados dos EUA liderado por suprimentos de petróleo API

O calendário de dados dos EUA está fraco, com apenas dados de produtividade não-agrícola e custos unitários de mão-de-obra às 10h30 e a pesquisa de varejo Redbook 25 minutos depois. O índice de otimismo para pequenas empresas do NFIB, divulgado anteriormente, atingiu a alta de quatro meses em 104,7, superando as expectativas.

Os traders esperam que os dados do governo de amanhã apresentem uma queda de 3,05 milhões de barris nos estoques de petróleo (Imagem: REUTERS/Jessica Lutz)

Além disso, à luz da decisão da OPEP + de cortar o fornecimento mais profundamente nos próximos três meses, estão o Instituto Americano de Petróleo (API, na sigla em inglês) sobre o fornecimento de petróleo nos EUA, previsto às 18h30. Os traders esperam que os dados do governo de amanhã apresentem uma queda de 3,05 milhões de barris nos estoques de petróleo.

Última atualização por Rafael Borges - 10/12/2019 - 10:24