Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

As 5 principais notícias do mercado internacional desta terça-feira

19/03/2019 - 8:12
Brexit, Fed estão entre as principais notícias

Por Investing.com 

Confira as cinco principais notícias desta terça-feira, 19 de março, sobre os mercados financeiros:

1 – Início da reunião de dois dias sobre política monetária do Fed

O Comitê Federal de Mercado Aberto do Federal Reserve (FOMC, na sigla em inglês) inicia sua reunião de política monetária de dois dias hoje, com uma decisão prevista para a tarde de quarta-feira.

Muitos investidores aguardam que o Fed, que elevou as taxas quatro vezes no ano passado, mantenha sua taxa básica de juros inalterada e cumpra sua promessa de uma abordagem “paciente” na política monetária.

Fechada nos últimos 10 meses, agora está reaberta, por tempo limitado. Veja como é possível ter 5 anos de lucro na Bolsa em apenas uma operação de curto prazo

O banco central norte-americano também irá divulgar novas projeções de crescimento econômico e taxas de juros, conhecidas como “dot-plot”, que indicam que não ocorrerá aumento de taxas neste ano, ou no máximo um.

índice dólar, que mede o dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, ficou um pouco abaixo de 95,85 às 6h40 (horário de Brasília), perto de uma baixa de duas semanas.

No mercado de títulos, os preços dos títulos do Tesouro dos EUA estavam um pouco alterados, com o rendimento do título do Tesouro dos EUA com vencimento em 10 anos em torno de 2,60%.

Com relação a dados, os números de {{ec-100||encomendas à indústria}} de janeiro deverão ser apresentados às 11h00.

2 – Caos no Brexit

Os planos da primeira-ministra do Reino Unido Theresa May, referente ao Brexit, estavam em desordem quando o governo dela tentou traçar uma maneira de contornar a decisão do parlamento de que May de alterar seu acordo de separação pela terceira vez para colocá-lo em prática.

O presidente da Câmara, John Bercow, surpreendeu o gabinete de May na segunda-feira ao decidir que o governo não poderia apresentar a mesma proposta do Brexit em outra votação no parlamento, a menos que fosse substancialmente diferente dos vencidos em 15 de janeiro e 12 de março.

Este especialista indica qual é o grupo de ações que se beneficia da MegaOnda de valorização que vai atingir os mercados

O secretário do Brexit, Steve Barclay, disse que a decisão significaria que uma votação nesta semana sobre o acordo de May seria mais improvável, mas disse que os ministros estão estudando uma saída para o impasse e indicou que o governo ainda planeja uma terceira votação do acordo de May.

libra subia 0,1%, para US $ 1,3268, encontrando algum suporte depois de cair para US $ 1,3183 na sessão anterior.

Theresa may
May foi surpreendida ao saber que não poderia colocar o mesmo projeto de Brexit em votação

3 – FedEx divulga resultados

Indicador econômico da FedEx (NYSE:FDX) está programado para apresentar seus lucros após o fechamento do pregão em Wall Street.

De acordo com analistas consultados pela Investing.com, a gigante da logística deverá divulgar lucro por ação de US $ 3,14 no terceiro trimestre fiscal, com receita de US $ 17,62 bilhões.

Durante o último relatório de lucros da empresa, em dezembro, a administração deu uma orientação fraca para 2019 e citou preocupações sobre a contínua desaceleração do comércio global.

Leia mais: FedEx: Ações com dividendos para manter por décadas, Aumentando as economias para aposentadoria: Haris Anwar

4 – Wall Street preparada para abertura em alta

Os futuros dos EUA apontavam para uma abertura mais alta, apoiada por expectativas de que o Fed apresentará um tom pacificador em sua reunião de política.

Às 08h35, O índice blue chip futuros do Dow subia 84 pontos, ou cerca de 0,3%, os futuros do S&P 500 crescia 8 pontos, ou quase 0,3%, enquanto o índice futuro de tecnologia Nasdaq 100 indicava alta de 20 pontos ou cerca de 0,3%.

Do outro lado do Atlântico, as ações européias estavam em alta, com a maioria das principais bolsas da região em território positivo, seguindo a liderança de Wall Street.

Mais cedo, na Ásia, as ações mantinham-se em intervalos mais restritos, mas amplamente suportados perto das máximas de 6 meses e meio.

5 –  Relatório de Abastecimento de Petróleo API

Em commodities, o American Petroleum Institute deverá divulgar seu relatório semanal para a semana encerrada em 15 de março às 17h30, em meio a expectativas de um declínio de cerca de 0,7 milhão barris nos EUA de estoques de petróleo bruto.

Os contratos futuros de petróleo bruto West Texas Intermediate avançavam US$ 0,24, ou cerca de 0,4% para US$ 59,62 o barril, seu maior nível desde 12 de novembro.

Enquanto isso, a referência internacional, os contratos futuros de petróleo Brentrecuavam US$ 0,38 ou cerca de 0,5% e eram negociados a US$ 67,92 o barril, ainda próximos dos US$ 68,14, do pico de quatro meses de US $ 68,14, atingido na semana passada.

Com duas semanas até o final do primeiro trimestre, o WTI subiu 31% no ano e o Brent 26%, com ambas as referências se beneficiando extensivamente dos cortes agressivos de produção realizados principalmente pela Arábia Saudita desde o início de janeiro.

– Com Reuters.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , ,

Última atualização por Bruno Andrade - 19/03/2019 - 8:12

Cotações Crypto
Pela Web