Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ásia terá crescimento mais lento desde 1967 por pandemia, alerta Banco Mundial

29/09/2020 - 8:51
Banco Mundial
O banco afirmou que a região deve crescer neste ano apenas 0,9%, taxa mais fraca desde 1967 (Imagem: REUTERS/Johannes P. Christo)

A pandemia de coronavírus deve levar a região do Leste Asiático e Pacífico, bem como a China, a registrar o crescimento mais lento em mais de 50 anos, enquanto até 38 milhões de pessoas serão levadas à pobreza, disse o Banco Mundial nesta última segunda-feira.

O banco afirmou que a região deve crescer neste ano apenas 0,9%, taxa mais fraca desde 1967.

O crescimento da China deve alcançar 2% em 2020, impulsionado pelos gastos do governo, exportações fortes e baixa taxa de novas infecções por coronavírus desde março, mas a atividade será pressionada pelo consumo doméstico lento.

O restante do Leste Asiático e Pacífico deve registrar uma contração de 3,5%, disse o Banco Mundial.

A pandemia e os esforços para conter a disseminação do coronavírus levaram a uma “restrição significativa” da atividade econômica, afirmou o relatório.

Os países na região podem precisar buscar reformas fiscais para mobilizar receita em resposta ao impacto econômico e financeiro da pandemia, enquanto programas de proteção social podem ajudar a sustentar o retorno de trabalhadores à economia, disse o banco.

Bandeira da China
O crescimento da China deve alcançar 2% em 2020, impulsionado pelos gastos do governo (Imagem: Pixabay)

O choque econômico da pandemia também deve levar a um salto na pobreza, definida como renda de 5,50 dólares por dia, completou o banco, acrescentando que, com base em experiências passadas e as últimas projeções para o Produto Interno Bruto, a pobreza pode aumentar em 33 milhões a 38 milhões de pessoas, registrando o primeiro aumento em 20 anos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 29/09/2020 - 8:51

Cotações Crypto
Pela Web