Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ativa traz novas indicações para carteiras Strategy, Dividendos, Valor e Verde de agosto

01/08/2019 - 16:44
Segundo a corretora, os preços do minério não devem manter sua trajetória de alta por muito mais tempo devido à divulgação do balanço da mineradora

A Ativa Investimentos optou por trocar as ações do Vale (VALE3) pelas da BRF (BRFS3) na composição de sua carteira Strategy para agosto. Segundo a corretora, os preços do minério não devem manter sua trajetória de alta por muito mais tempo devido à divulgação do balanço da mineradora.

A equipe de análise da corretora também realizou o rebalanceamento dos pesos dos ativos, tendo diminuído a participação das ações da Suzano (SUZB3) em 5%.

No mês passado, a carteira registrou desempenho negativo de 1,3% ante a ligeira alta de 0,8% do Ibovespa. Os destaques de julho foram a BR Malls (BRML3), com valorização de 6%, e a Suzano, que apresentou queda de 7%.

Dividendos

Para a carteira de dividendos de agosto, a Ativa optou por manter as ações e apenas rebalancear os pesos dos papéis.

“Acreditamos que os preços da celulose continuarão pressionados à curto e médio prazo, impactando os preços da Klabin. Portanto, apesar da empresa do papel ainda possuir fundamentos para uma considerável valorização, decidimos por diminuir a exposição à mesma e aumentar a BR Malls de modo a absorver os choques da redução da Selic e de um cenário otimista com a aprovação da Reforma na Câmara”, afirma Ilan Arbetman, analista da corretora.

Em julho, a carteira ficou quase que equivalente ao Ibovespa, tendo a primeira registrado leve alta de 0,9% e o segundo de 0,8%. Os destaques ficaram para a B3 (B3SA3), que registrou forte desempenho de 13%, e o Petrobras (PETR4), que caiu 5%.

Valor

A Ativa trocou os papéis da Suzano pelas da Equatorial (EQTL3) por estar em busca de um player mais estável e que forneça beta maior à carteira.

No mês passado, a carteira Valor caiu 4,2% contra a alta de 0,8% do Ibovespa. Além da Suzano, que desvalorizou 7%, o Pão de Açúcar registrou queda de 1%.

Verde

Criada com o intuito de contemplar empresas que não prezam apenas pela rentabilidade e retorno ao seu acionista, mas que traduzam um investimento compatível com as demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade contemporânea, a carteira verde de agosto está com duas trocas: Klabin (KLBN11) por Cemig (CMIG4) e Lojas Renner (LREN3) por Natura (NATU3).

“Apesar dos riscos do negócio, devido aos custos de sinergia e alto endividamento de ambas as companhias – Natura e Avon –, a Natura já mostrou que possui expertise em M&A e, por isso, acreditamos que o papel ainda tem espaço para valorizar mais”, disse Arbetman.

A carteira registrou rentabilidade de 5,8% no mês passado contra a alta de 0,8% do Ibovespa. A Magazine Luiza (MGLU3) apresentou forte valorização de 25%, enquanto as ações do Itaú Unibanco (ITUB4) encerraram julho com queda de 4%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 01/08/2019 - 16:44

Cotações Crypto
Pela Web