Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Ativa troca B3 e BR Malls por Gerdau e Iguatemi na carteira de janeiro

03/01/2020 - 15:55
Shopping Iguatemi
Ajuda da Selic: dívida da Iguatemi pesa menos com corte de juros (Imagem: Reuters/Nacho Doce)

A Ativa Investimentos promoveu duas trocas na carteira recomendada de ações para janeiro. Os papéis da B3 (B3SA3) e da BR Malls (BRML3) foram substituídos pelos da Gerdau (GGBR4) e Iguatemi (IGTA3). Segundo a gestora, as mudanças se baseiam na “melhora das expectativas da economia nacional.”

Assinado pelo analista Ilan Arbetman, o relatório reforça a crença da Ativa de que a bolsa brasileira será influenciada, sobretudo, pela própria dinâmica do mercado interno e que a guerra comercial entre americanos e chineses continue em “stand-by”.

A exclusão da B3 foi justificada pela “piora da relação risco x retorno decorrente da probabilidade de perda de seu monopólio.” Já o Iguatemi possui uma estrutura de dívida mais favorável para o momento que da BR Malls, segundo a Ativa.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Isto porque, a fatia de dívidas do Iguatemi atrelada à Selic é maior. Como a gestora espera um novo corte da taxa básica de juros para 4% ao ano, a administradora de shopping centers tende a se beneficiar.

A escolha da Gerdau é baseada na estimativa de que o valor da empresa deve subir, devido à melhoria das indústrias de base e do mercado imobiliário.

Última atualização por Márcio Juliboni - 03/01/2020 - 15:55

Ultrapar, dos postos Ipiranga, perde R$ 593 milhões com rede de farmácias