Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Aura Minerals: lucro sobe 93% e chega a US$ 57 milhões; receita líquida bate recorde

01/03/2021 - 21:59
Ouro Aura Minerals
Segundo a empresa, a recuperação de imposto de renda diferido de US$ 24 milhões ajudou a impulsionar os números (Imagem: Reprodução/Aura Minerals)

A canadense Aura Minerals (AURA33) apurou lucro líquido de US$ 57 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 93% em relação a igual período de 2019, mostra documento enviado ao mercado nesta segunda-feira (1º).

Segundo a empresa, a recuperação de imposto de renda diferido de US$ 24 milhões ajudou a impulsionar os números.

Já a receita líquida totalizou US$ 100 milhões, maior cifra trimestral na história da companhia, representando um aumento de 44% em comparação ao mesmo período de 2019.

A elevação das vendas, que chegou a 9.163 GEO (onças de ouro equivalente), somada a alta dos preços ajudam a explicar os números.

Para efeito de comparação, os preços de mercado do ouro alcançaram uma média de US$ 1.874/oz, aumento de 27% em comparação ao mesmo período de 2019.

“No que diz respeito à demanda, houve uma mudança significativa com o recuo na demanda por joias e o aumento na demanda por investimentos em ETFs e barras de ouro. Os ETFs absorveram mais de 28 milhões de onças de ouro somente no ano de 2020, ou 23% da demanda total”, aponta o CEO Rodrigo Barbosa.

O Ebitda, que mede o resultado operacional, ajustado foi de US$ 50 milhões no quarto trimestre de 2020, ante os US$ 27 milhões registrado no mesmo período de 2019, um salto de 85%.

“A combinação de aumento na produção, melhores teores, menores custos, aumento no preço do ouro e desvalorização das moedas locais gerou um forte impacto positivo na margem bruta e no Ebitda”, informa a empresa.

Veja o documento:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 02/03/2021 - 0:57