Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Banco Central se prepara para atuar no câmbio

16/09/2021 - 16:39
Banco Central
Ao final de 2020, BC atuou com swaps cambiais para prover a liquidez necessária aos bancos de modo que cumprissem a adequação prevista para 2021 (Imagem: Agência Brasil)

O Banco Central deve voltar a atuar por meio de swaps cambiais no mercado para suavizar o ajuste do overhedge no final do ano, estimado entre US$ 16 bilhões e US$ 18 bilhões, dizem gestores.

Essa foi a forma de intervenção escolhida para aliviar a pressão no ano passado, quando já ocorreu metade do ajuste esperado para o hedge dos ativos dos bancos brasileiros no exterior.

O presidente do BC, Roberto Campos Neto, indicou que vai prover a liquidez necessária, o que evita ajustes antecipados, segundo analistas. “Provavelmente vai ser preciso intervir para fazer frente a demandas pontuais do dólar no fim do ano”, disse Campos Neto na terça-feira.

A redução do overhedge – proteção extra dos ativos em moeda estrangeira dos bancos fora do Brasil – tornou-se necessária após o governo publicar no final de março de 2020 medida provisória que mudou a tributação de investimentos de bancos no exterior, com o objetivo de eliminar distorções.

Ao final de 2020, BC atuou com swaps cambiais para prover a liquidez necessária aos bancos de modo que cumprissem a adequação prevista para 2021. Mas ainda está prevista para o encerramento deste ano a outra metade desse ajuste, para 2022.

A zeragem de posições de overhedge implica compra de dólares, pois as instituições que detêm parte importante de patrimônio em moeda estrangeira no exterior fazem a proteção da variação cambial por meio de posições vendidas em dólar e compradas em real.

O Banco Central não comentou.

Veja o que dizem analistas:

Gustavo Brotto, CIO da Greenbay Investimentos

  • “Banco Central foi em linha com a expectativa do mercado de que o BC proverá liquidez se necessário no fim do ano para o fluxo do overhedge, provavelmente via oferta de swap cambial”

Mariam Dayoub, economista-chefe da Grimper Capital

  • BC deve intervir no mercado de câmbio, como fez no ano passado
  • Autoridade monetária pode ajustar ferramentas e atuar leilão à vista ou swap, a depender da situação no mercado

Italo Abucater, gerente de mesa de câmbio da Tullett Prebon

  • Bancos não anteciparam compras para overhedge sabendo que a operação é feita com a Ptax do fim do ano e que BC proveria liquidez, como fez no ano passado
  • Liquidez no mundo também deixa o dólar mais comportado globalmente
  • Cenário deste ano é diferente, já que 2020 foi atípico com pandemia e bancos estavam mais vendidos
  • Atuação do BC deve ser por meio de swap cambial

Marcos Mollica, gestor do fundo multimercado Opportunity Total

  • “Dada a atuação do BC no ano passado, cenário de todo mundo é de que atuaria novamente este ano”
  • “É importante que BC avisou estar pensando nessa direção”
  • BC deve usar swap cambial como instrumento

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 16/09/2021 - 16:51

Cotações Crypto
Pela Web