BusinessTimes

Banco Safra compra Guide Investimentos

06 fev 2024, 20:28 - atualizado em 06 fev 2024, 20:30
Banco Safra
Segundo o banco, o objetivo do Safra é acelerar o crescimento da Guide em todas as áreas de atuação (Imagem: Joehawkins/ WikiMedia)

O Safra comprou, por valor não revelado, a corretora Guide Investimentos, mostra comunicado publicado no site do banco.

Segundo o comunicado, o objetivo do Safra é acelerar o crescimento da Guide em todas as áreas de atuação, contribuindo com capital, expertise e ampliando ainda mais a oferta de produtos e serviços para os clientes.

“O Safra reforça sua presença nos segmentos de escritórios de assessoria de investimento, onde a Guide é a quarta maior operação do mercado, enquanto o Safra Invest ocupa a terceira posição; wealth management, no qual a Guide possui uma excelente carteira de clientes de alta renda; e corretora institucional, no qual a Guide tem uma operação relevante e importantes clientes”, explica.

Controlada pela Fosun, a Guide Investimentos é uma plataforma de investimentos com atuação nos segmentos de escritórios de assessoria de investimento, wealth management, corretora institucional e asset management, informa o documento.

“Ao longo dos últimos anos, a Guide cresceu de forma orgânica e por aquisições de corretoras e carteiras de clientes da Omar Camargo, Geraldo Correa, Simplific Pavarini, SLW, Picchioni, Magliano e SimPaul, atingindo aproximadamente R$ 20 bilhões em ativos sob custódia”, informa.

Nesta transação, o Safra contou com a assessoria financeira do Banco J. Safra e assessoria legal do Spinelli Advogados e do Vieira Rezende Advogados. Já a Fosun contou com a assessoria legal do Pinheiro Neto Advogados.

A conclusão e fechamento da transação estão sujeitos à obtenção das aprovações regulatórias.

Editor-assistente
Formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, cobre mercados desde 2018. Ficou entre os 50 jornalistas +Admirados da Imprensa de Economia e Finanças das edições de 2022 e 2023. É editor-assistente do Money Times. Antes, atuou na assessoria de imprensa do Ministério Público do Trabalho e como repórter do portal Suno Notícias, da Suno Research.
Linkedin
Formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, cobre mercados desde 2018. Ficou entre os 50 jornalistas +Admirados da Imprensa de Economia e Finanças das edições de 2022 e 2023. É editor-assistente do Money Times. Antes, atuou na assessoria de imprensa do Ministério Público do Trabalho e como repórter do portal Suno Notícias, da Suno Research.
Linkedin