Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Banco Santander segue Goldman Sachs com aposta em fintechs alemãs

16/10/2019 - 8:10
Investidores estrangeiros como o Santander têm dobrado as apostas em fintechs alemãs (Imagem: Pixabay)

O banco espanhol Santander (SANB11) lidera uma rodada de financiamento de 35 milhões de euros (US$ 39 milhões) para o mercado de dívida digital, segundo uma pessoa a par do assunto que pediu para não ser identificada, porque a transação ainda não foi anunciada.

A injeção de capital eleva o valuation da empresa para mais de 100 milhões de euros pela primeira vez, acrescentou a pessoa. O investimento tem como meta ajudar a CrossLend a entrar em novos mercados.

Representantes do Santander e CrossLend não quiseram comentar.

Fundada em 2014, a CrossLend oferece um marketplace para empréstimos ao consumidor e outras formas de dívida originadas por bancos. Os compradores são investidores institucionais, como bancos, fundos de investimento e empresas de seguros.

Investidores estrangeiros como o Santander têm dobrado as apostas em fintechs alemãs. Os investimentos nessas empresas atingiram recorde em 2018, superando 1 bilhão de euros pela primeira vez, segundo dados da Barkow Consulting.

No primeiro semestre, os investimentos somaram cerca de 900 milhões de euros, sendo que o primeiro trimestre registrou a maior entrada de recursos de todos os tempos.

Um dos investidores estrangeiros mais ativos este ano em Berlim, onde estão localizadas muitas fintechs alemãs, é o Goldman Sachs.

Em maio, o Goldman liderou uma rodada de financiamento para a Elinvar, com sede em Berlim, fundada por ex-funcionários do Deutsche Bank. A empresa oferece uma plataforma digital para que os bancos ofereçam seus serviços on-line.

Dois meses depois, o banco dos EUA investiu 25 milhões de euros na Raisin, uma plataforma de Internet que permite aos usuários comparar produtos de poupança bancária.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Lucas Simões - 16/10/2019 - 8:10