AgroTimes

Bank of America reforça recomendação para Cosan (CSAN3) com novos IPO’s; hora de ter ação na carteira?

11 jan 2024, 14:59 - atualizado em 11 jan 2024, 14:59
cosan csan3
Segundo o banco, a Cosan é uma empresa de portfólio com investimentos em ativos insubstituíveis, altamente sensível a taxas de juros mais baixas (Imagem: Divulgação)

O Bank of America reiterou a recomendação de compra para Cosan (CSAN3), com a empresa entre suas “top picks” (ações favoritas).

De acordo com a instituição, existe um forte potencial de valorização para os ativos, o que explica o preço-alvo da ação passar de R$ 27 para R$ 32, com potencial de alta de 64%.

No médio prazo, os gatilhos de crescimento ficam por conta do:

  1. E2G (etanol de segunda geração) da Raízen (RAIZ4) e a sustentabilidade de rendimentos muito mais elevados de cana-de-açúcar;
  2. a expansão da Rumo (RAIL3) em Mato Grosso e o aumento tarifário até 2028; e
  3. potencial listagem das empresas privadas Compass e Moove, conforme declarado anteriormente pela Cosan, o que poderia desbloquear valor.


As equipes do BofA Global Research têm classificação de compra nas três empresas listadas nas quais a Cosan investe (Raízen, Rumo e Vale), com potenciais de valorização de 29%, 28% e 32%, respectivamente.

Por fim, na visão do banco, a Cosan é uma empresa de portfólio com investimentos em ativos insubstituíveis, altamente sensível a taxas de juros mais baixas, dados os R$ 32 bilhões no nível da holding, e com forte potencial de valorização para seus principais ativos.

Repórter
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Money Times desde março de 2023. Antes disso, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, também participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil e do Agro em Campo.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Money Times desde março de 2023. Antes disso, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, também participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil e do Agro em Campo.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.