Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

BC deveria cortar Selic imediatamente (de preferência, hoje), diz UBS

Márcio Juliboni
16/03/2020 - 9:04
Sede do Banco Central em Brasília
Pressa: deterioração do cenário exige medidas imediatas, diz UBS (Imagem: Reuters/Adriano Machado)

À medida que a crise do coronavírus se agrava, os analistas começam a recomendar doses mais fortes de liquidez para manter a economia. É o caso do UBS.

Em relatório divulgado nesta segunda-feira (16) e assinado por Tony Volpon e Fábio Ramos, o banco afirma que o Copom deveria baixar a taxa básica de juros (Selic) imediatamente.

“Não vemos razão para o Banco Central do Brasil esperar pela sua reunião regular, e acreditamos que é provável que algumas medidas sejam anunciadas nesta segunda-feira”, afirma a dupla.

A reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) está marcada para esta terça e quarta-feira (17 e 18). Além de defender que a redução da Selic seja antecipada, o UBS também recomenda um corte mais agressivo, de 1 ponto percentual, o que baixaria a taxa dos atuais 4,25% ao ano para 3,25%.

A autoridade monetária deveria, ainda, anunciar medidas complementares para estimular o mercado, como o relaxamento dos depósitos compulsórios, segundo o UBS.

A urgência é justificada, de acordo com os analistas, pela rápida deterioração das perspectivas do Brasil e do mundo, diante do avanço da pandemia de coronavírus. Por último, o UBS lembra que o Federal Reserve (o banco central dos EUA) zerou sua taxa básica neste fim de semana e anunciou um programa de afrouxamento monetário.

Última atualização por Márcio Juliboni - 16/03/2020 - 9:04

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web