Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Benndorf Research troca B3 por JBS na carteira recomendada da 1ª quinzena do mês

02/01/2020 - 14:46
JBS
Analistas da Benndorf retornam com JBS na carteira para surfar o excelente momento das proteínas (Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino)

A Benndorf Research atualizou sua carteira recomendada para os primeiros quinze dias de janeiro, substituindo os ativos da B3 pelos da JBS (JBSS3). O mês passado teve ganhos de 11,05% do portfólio contra +6,85% do Ibovespa, movimento que levou a nossa carteira para +79,70% no ano.

Devido ao bom desempenho observado, a equipe da casa de análises informa que inicia janeiro com ajustes pontuais após os drivers relevantes e negativos para B3.

Apesar de não esperarem impactos significativos no curto a médio prazo, a possível e provável entrada de novos competidores no mercado brasileiro deve manter as ações da B3 volátil nas próximas semanas e devemos evitar o papel até observarmos melhoras no cenário técnico.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

No lugar, os analistas retornam com JBS para surfar o excelente momento das proteínas e aproximados -28,00% de queda desde as máximas recentes. Sem alterações na dinâmica setorial, eles enxergam o ativo descontado após um 3T19 brilhante. Devido ao cenário técnico ainda regular, a recomendação é de compra mais leve com stop de redução a partir dos R$ $23,50. Alvo inicial nas máximas.

Composição: 12%: Itaúsa (ITSA4); 10%: Azul (AZUL4), EzTec (EZTC3), Lojas Renner (LREN3) e Vale (VALE3); 8%: JSL (JSLG3); 7%: Randon (RAPT4), Sinqia (SQIA3), Rumo (RAIL3) e Iguatemi (IGTA3); 6%: JBS (JBSS3) e Banco Inter (BIDI4).

Última atualização por Rafael Borges - 02/01/2020 - 14:49