Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Veja os fundos imobiliários favoritos dos grandes investidores

19/09/2019 - 14:45
imóveis
Considerando os Top 10 fundos imobiliários mais investidos, nove tiveram rentabilidades acima de dois dígitos em 12 meses terminados no mês passado (Imagem: Money Times)

Existem 186 fundos de investimento imobiliários (FIIs) com cotas negociadas na Bolsa, um aumento de 46% em relação a 2014.

Mas você sabe quais foram os FIIs mais procurados pelos grandes investidores em agosto? É o que mostra o Big Data SmartBrain.

Segundo o estudo, considerando os Top 10 fundos imobiliários mais investidos, nove tiveram rentabilidades acima de dois dígitos em 12 meses terminados no mês passado, sendo 36,34% o maior retorno.

Em época de Selic em sua mínima histórica, tem aumentado bastante a atratividade por esses produtos.

Abaixo, veja os fundos imobiliários mais investidos por clientes alta renda e private atendidos por assessores independentes em agosto:

Mudanças de julho para agosto

O HGLG11, fundo imobiliário do Credit Suisse Hedging-Griffo que atua na área de galpões logísticos e industriais, continuou na primeira posição entre os favoritos em agosto.

Em segundo lugar no ranking dos preferidos reapareceu o MGFF11, fundo de fundos imobiliários da gestora Mogno Capital, que constava na lista do Top 10 em junho.

Já o KNCR11, fundo de títulos de renda fixa do setor imobiliário da Kinea, gestora de recursos do Grupo Itaú Unibanco, subiu da quarta para a terceira posição.

Outras novidades no ranking dos FIIs preferidos foram HGCR11, fundo de recebíveis imobiliários também sob gestão do Credit Suisse Hedging-Griffo, o VRTA11, que também atua com títulos imobiliários e é conduzido pelo braço de administração de recursos do Banco Fator, e o MXRF11, que é um FII da XP Investimentos que investe em CRIs, desenvolvimento de empreendimentos residenciais e cotas de fundos imobiliários.

Mantiveram-se entre os Top 10, apesar de alterações nas posições: BRCR11, fundo de lajes corporativas do BTG Pactual; o VISC11, fundo de shopping centers da Vinci Partners, além de KNIP11 e KNRI11, que são respectivamente um fundo de locação de prédios comerciais e um fundo de CRIs da Kinea

E deixaram a lista em agosto: o HFOF11, fundo de fundos imobiliários da Hedge Investments; o BCFF11, fundo do BTG que compra cotas de outros FIIs e também tem títulos imobiliários na carteira; o HGRE11, fundo de lajes corporativas do Credit Suisse Hedging-Griffo e o SAAG11, fundo gerido pela Rio Bravo que possui agências locadas para o Banco Santander.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Gustavo Kahil - 19/09/2019 - 19:12