Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Black Friday: descontos de 100% e você ainda leva troco! Promoções de investimentos incluem até robô gestor

23/11/2018 - 18:43
(Pixabay)

Por Arena do Pavini – A febre da Black Friday chegou, com as lojas disputando quem dá o maior desconto, de 20%, 50%, e algumas de até 80%. Mas há ofertas ainda melhores, que preveem desconto de 100% e ainda permitem receber o dinheiro de volta com um troco. Elas valem para quem, em vez de gastar, aproveitar a Black Friday para pegar 100% do dinheiro e aplicar os recursos que estão sobrando. Bancos, corretoras, gestoras de recursos criaram promoções que permitem aplicar com valores mais baixos ou garantindo rendimentos maiores para quem não quer se arrepender amanhã de ter gasto as economias em mais uma televisão que não cabe na sala, a máquina de fazer macarrão que ficará na caixa ou um celular que vai ficar cheio de “Bons dias!” do grupo da família no WhatsApp.

Pode ser a chance também de rever as aplicações e aproveitar um pouco para diversificar. Quem tem dinheiro apenas na caderneta de poupança pode aplicar um pouco em papéis de bancos garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito, (FGC), com rentabilidade acima do CDI, ou colocar um pouco de dinheiro em um fundo multimercado ou de ações de um gestor badalado. Ou ainda comprar uma debênture isenta de imposto de renda de uma empresa segura. E, para quem não sabe nada sobre investimentos, há promoções também de robôs que fazem a gestão dos recursos para o aplicador.

Simulação mostra quanto renderia o iPhone em ações

Entre as opções, a Toro Investimentos está oferecendo duas opções de investimentos de renda fixa. Quem optar por investir por mais tempo terá um rendimento projetado de 74%, em cinco anos, com uma Letra de Câmbio (LC) que pagará 124% do CDI. Já aqueles que optarem por liquidez a qualquer momento, poderão aplicar o dinheiro em um CDB com rendimento projetado de 7% ao ano, pagando 105% do CDI.

A corretora criou um site para mostrar as vantagens de investir o dinheiro que seria gasto na compra imediatista de um bem se consumo na Black Friday. Baseada nos itens de maior interesse da população – notebook, Smart TV e iPhone – a Toro calculou como a aplicação de seus valores médios renderia em um investimento de renda variável, com base no rendimento da carteira entre dezembro de 2017 e novembro de 2018.

Os números são surpreendentes. O valor destinado ao notebook saltaria de R$ 2.500,00 investidos para R$ 3.782,00. Já a quantia de uma Smart TV com 4K de definição renderia de R$ 3.000,00 a R$ 4.539,00. Por fim, os R$ 7.799,00 direcionados para a compra do iPhone X de 256 GB se tornariam R$ 11.800,00. Essa análise partiu das variações entre as ações sugeridas pela corretora no período de dezembro de 2017 a novembro de 2018.

Claro que as simulações não significam que o rendimento no futuro será o mesmo, pois tratam-se de ações, mas dão uma ideia do que o investidor pode ganhar optando por poupar em vez de gastar.

Corretoras oferecem cursos e papéis com aplicação menor

A corretora Genial Investimentos está dando descontos de 70% em seus cursos sobre investimentos em ações. Está também com taxas especiais de rentabilidade para produtos de renda fixa, como a LCI do Banco ABC Brasil, com prazo de 1 ano e taxa de 94% do CDI sem impostos. A Genial negociou com a seguradora Icatu a distribuição do fundo de previdência Icatu, com aplicação mínima de R$100,00, bem menos que os R$ 1 mil cobrados normalmente.

Outra plataforma de investimentos, a Órama, está oferecendo oportunidades de educação financeira, como e-books sobre planejamento financeiro, um quiz para o público em geral e uma calculadora e um game para clientes que já possuem acesso ao portal de investimentos. Haverá ainda condições especiais em fundos, títulos, COEs e debêntures. Durante a chamada Black November, a casa distribui, por exemplo, um fundo de investimentos em ações do Alaska, com a aplicação inicial reduzida, de R$ 25 mil para R$ 1 mil. Outro destaque é um fundo de renda fixa da Devant, com mínimo reduzido de R$ 1.000 para R$ 100.

Os R$ 3 mil viram R$ 5,4 mil em 5 anos

A Órama negociou também com bancos e financeiras taxas e prazos e aplicações mínimas em Letras de Câmbio (LC), que estão sujeitas a imposto de renda. A da Facta Financeira, com prazo de 1.805 dias, oferece 130.00% do CDI a partir de R$ 3.000,00, que equivale a uma rentabilidade de 12,73% ao ano. O valor líquido estimado da aplicação mínima seria de R$ 5.412,16.

Outro papel, da Dacasa Financeira, com prazo de 1.447 dias, paga 11.00% ao ano para valores a partir de R$ 1.000,00, que equivalem a rentabilidade de 11% a.a em 12 meses e um valor final líquido estimado de R$ 1.509,92.

Ações com seguro contra perda

Há ainda opções de Certificados de Operações Estruradas (COEs) com valor reduzido de aplicação, de R$ 5 mil para R$ 1 mil. O prazo da aplicação e de três anos e o investidor ganhará 100% da alta do Índice Bovespa se ele não bater 70% de alta em nenhum momento. Se subir 70% ou mais, o investidor receberá de 8% a 10% ao ano. Já se o Ibovespa cair, ele recebe de volta seu capital.

A corretora Nova Futura Investimentos também oferecerá investimentos de CDBs, LCIs, Letras de Câmbio, Debêntures e Fundos de Investimentos com uma taxa de aplicação mínima reduzida, de R$ 5 mil a R$ 10 mil para valores a partir de R$ 500. Nos fundos, a aplicação mínima será de R$ 100 a R$ 500. Já com relação aos rendimentos, muitos CDBs estão com taxas superiores as geralmente encontradas, por exemplo: CDB – Prazo de 6 anos – Rendimento de 122% do CDI, LC – Prazo de 5 anos – Rendimento de 125% do CDI, LCI – Prazo de 4 anos – Rendimento de 100% do CDI (Isento de IR).

Há também ofertas diretas dos bancos para atrair os investidores. O Paraná Banco ofertará até sexta-feira, 23, CDBs com liquidez diária com rentabilidade equivalente a 105% do CDI nos investimentos acima de R$ 1 mil com vencimento em dois anos.

Robô trabalha de graça por seis meses

Já quem não quer se preocupar com nada disso pode deixar o robô fazer as aplicações e tomar as decisões. É o que oferece a fintech Magnetis que está dando 6 meses sem taxa de consultoria para investimentos de até R$ 25 mil para novos clientes. A empresa cobra uma taxa de administração de 0,4% ao ano. Há outras taxas relativas a tarifas da bolsa ou de corretoras que elevam o custo final para o investidor para 1% ao ano, o que é razoável considerando-se as taxas dos fundos ativos do mercado, normalmente acima de 2% ao ano. A empresa começou recentemente a oferecer também aplicações no exterior nas carteiras administradas pelos robôs da casa.

A aplicação mínima da Magnetis é de R$ 1 mil desde julho. Antes, era de R$ 10 mil.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 23/11/2018 - 18:47

Cotações Crypto
Pela Web