Blockchain do Banco do Povo da China recebe US$ 4,7 milhões do governo

Daniela Pereira do Nascimento
10/03/2020 - 11:04
Xangai China Ásia Turismo
Espera-se que a China lance sua criptomoeda ainda este semestre, mas o país parece mais preocupado com o avanço da implementação da tecnologia de blockchain (Imagem: Unsplash/@withfede)

De acordo com o jornal chinês Global Times, a plataforma de blockchain para negociações financeiras do Banco do Povo da China, lançada em 2018, recebeu financiamento de 32,3 milhões de yuans, o equivalente a US$ 4,7 milhões, do governo chinês.

O objetivo do financiamento é impulsionar a pesquisa e o desenvolvimento de projetos.

As informações contidas na plataforma não podem ser modificadas pelas empresas.

Bancos podem compartilhar informações com outros departamentos a fim de fomentar o crescimento nacional da plataforma, além de pequenas e médias empresas terem acesso a diversas ferramentas financeiras.

Dizem que o Laboratório de Pesquisa sobre Criptoativos do Banco do Povo da China, grandes bancos do país, a Academia de Ciências da China e diversas universidades como Tsinghua University fazem parte do projeto de financiamento.

De acordo com Wu Hao, analista independente, cada cenário pode rastrear “blocos isolados de informações” ao aplicar a tecnologia de blockchain, mas que ainda haverá barreiras de informação caso não haja uma tecnologia madura e um padrão industrial unificado para tal.

Apesar das controvérsias, a plataforma ajudou a melhorar a eficácia de empréstimos, em que o tempo de espera foi reduzido de dez dias para cerca de 20 minutos, além da diminuição de até 6% para custos financeiros.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 30/05/2020 - 18:56

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web